Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna

Empresa apresentará projeto de restauração do Consulado Português

Por determinação da Justiça, Prefeitura de Três Lagoas terá que restaurar o imóvel

25 JAN 2018 - 06h:38Por Ana Cristina Santos

A Prefeitura de Três Lagoas contratou a empresa Retrô Projetos de Restauro , com sede em Goiás, para elaborar um projeto de restauração do prédio  que abrigou um órgão do Consulado Português, em 1914.

O prédio de 400 metros quadrados fica na rua Paraíba, no centro da cidade.

A empresa foi contratada por R$ 13,7 mil e terá o prazo de 90 dias para apresentar o projeto.

Em agosto de 2016, o Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJ/MS) negou o recurso da Prefeitura de Três Lagoas e determinou que o município apresentasse um projeto para a restauração do imóvel.

A decisão do TJ/MS manteve sentença de 2015 da juíza da Vara de Fazenda e Registros Públicos de Três Lagoas, Aline Beatriz de Oliveira Lacerda, que acatou pedido do Ministério Público Estadual, por meio do promotor de Justiça Antônio Carlos Garcia de Oliveira.

O casarão foi construído por Teotônio Mendes, vice-cônsul de Portugal no Brasil e pertence à sua família.

O imóvel estava sendo ocupado por Cláudio Mendes Pauliquevis, neto de Teotônio.

 As paredes têm rachaduras, portas e janelas de madeira estão quebradas. Detalhes de molduras e linhas da arquitetura do início do século passado se perderam com a ação do tempo.

 O prédio era usado para a regularização de documentos de imigrantes portugueses que chegavam ao Brasil e foi usado por autoridades e visitantes estrangeiros até por volta de 1950.

Em 2003, o prédio foi tombado como patrimônio histórico.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13