Rádios On-line
nova estrela mobile
EFEITO COVID-19

Empresa de celulose adota medidas de segurança contra o coronavírus

Suzano diz que mantém foco operacional para garantir oferta de produtos essenciais

26 MAR 2020 - 16h:01Por Ana Cristina Santos

A empresa de celulose Suzano diz que tem adotado um conjunto de medidas para auxiliar no combate à propagação do novo coronavírus. A companhia informa que preza pela saúde de seus colaboradores, prestadores de serviços e familiares, além disso, tem trabalhado para garantir a oferta de produtos essenciais para áreas como a saúde e as indústrias de medicamentos e alimentos.

Ainda segundo a empresa, simultaneamente, foram suspensas todas as atividades operacionais não essenciais de colaboradores próprios e terceiros e cancelados viagens, eventos, visitas às unidades e reuniões presenciais. Os colaboradores que não necessitam estar presencialmente passaram a trabalhar em formato home office.

Para os colaboradores cuja presença é indispensável nas operações, a companhia adotou como ações prioritárias, por exemplo, a medição de temperatura corporal dos trabalhadores antes do acesso a fábricas ou viveiros; a distribuição de refeições individuais e espaçamento maior entre mesas e cadeiras nos refeitórios; a adoção de maior distanciamento de cadeiras em salas de controle operacionais, com sinalização visual no local; e a adoção de quarentena caso haja identificação de colaborador ou prestador de serviço com risco de contaminação.

Ainda segundo a empresa, a companhia também aumentou a frequência de limpeza e higienização de áreas comuns e determinou que, no caso dos ônibus fretados, a circulação aconteça com menos de 50% da capacidade.

 “Estamos cientes da importância de manter a operação da Suzano funcionando durante esta crise. Abraçamos nossa responsabilidade em garantir toda a cadeia produtiva de itens críticos para a rede hospitalar, de saúde e alimentícia do país e do mundo. Nunca nossa atividade a plena capacidade foi tão essencial. Por isto, todas as medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde e órgãos competentes foram adotadas pela Suzano”,  afirma o diretor executivo de Estratégia, Gente, Comunicação, TI e Digital da Suzano, Christian Orglmeister.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13