Rádios On-line
INVESTIMENTO BILIONÁRIO

Empresa que investirá R$ 7,5 bilhões na região apresenta projeto ao governo

Projeto bilionário de energia limpa foi apresentado pela empresa ao governo do Estado

7 JUN 2016 - 18h:50Por Ana Cristina Santos

A empresa espanhola Solatio Energia Project Management, que vai investir R$ 7,5 bilhões, na construção de 20 usinas solares fotovoltaicas, que produzem energia elétrica a partir dos raios solares para distribuição e comercialização, apresentou ao governo do Estado detalhes dos empreendimentos que serão instalados em Mato Grosso do Sul.

As usinas serão construídas em uma área total de 3.700 hectares de Cassilândia e Paranaíba, cidades que fazem parte da Costa Leste do Estado, região de Três Lagoas. Juntas terão capacidade de gerar 1.200 MWh de energia, suficiente para abastecer 600 mil residências.

De acordo com informações do governo, 13 usinas serão instaladas em Cassilândia, com capacidade de geração de 800 MWh e outras sete em Paranaíba, com potencial de gerar outros 400 MWh. A previsão é de que sejam gerados 1,5 mil empregos na etapa de implantação e 450 na fase de operação.

Nesta terça-feira (7), o governador Reinando Azambuja (PSDB) participou de uma reunião, em Brasília, com o presidente da empresa, Pedro Vaquer Brunet, e conheceu mais detalhes do projeto bilionário. O secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), Jaime Verruck, também participou da reunião.

Segundo Verruck, a instalação das usinas vai tornar Mato Grosso do Sul “referência nacional na produção de energia limpa”, o que contribui para atração de novos empreendimentos e geração de emprego e renda.

Durante o encontro, o presidente da empresa agradeceu o governo do Estado pelo empenho para a instalação dos empreendimentos, inclusive pela entrega da Licença Prévia, o que  habilita a empresa a participar do 1º leilão de reserva da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), que vai acontecer em 29 de julho.
 

Deixe seu Comentário