Rádios On-line
DESENVOLVIMENTO

Equipe técnica fará levantamento de problemas e soluções para Três Lagoas

Três Lagoas é o primeiro município “não capital” a receber um plano voltado para aprimorar a qualidade de vida dos seus habitantes

6 ABR 2016 - 16h:54Por Ana Cristina Santos

Profissionais de vários segmentos farão um levantamento dos principais problemas de Três Lagoas, bem como apresentarão as soluções para o desenvolvimento sustentável da cidade. A partir desse diagnóstico, a prefeitura poderá apresentar projetos visando à captação de recursos para a execução de obras importantes para o município.

A equipe será responsável pela execução do Plano de Ação Sustentável de Três Lagoas, que visa discutir os problemas e oportunidades para o município, observados a partir das dimensões: ambiental e mudança climática, urbana, fiscal e governança. A equipe também será responsável ela revisão do Plano Diretor Participativo de Três Lagoas.

O Plano de Ação Três Lagoas Sustentável e a revisão do Plano Diretor Participativo foram orçados em cerca de R$ 1 milhão, e serão financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Instituto Votorantim e Fibria, e que conta com o apoio da prefeitura.

Na manhã desta quarta-feira, a prefeita Márcia Moura (PMDB) e a secretária de Planejamento, Carmem Goulart, realizam uma coletiva de imprensa para falar do Programa de Apoio à Gestão Pública.

Márcia destacou que, Três Lagoas é o primeiro município “não capital” a receber um plano voltado para aprimorar a qualidade de vida dos seus habitantes e preparar a cidade para o desenvolvimento sustentável.

Nesta quinta-feira, inclusive, vai acontecer à abertura do Seminário de Diagnóstico que integra primeira etapa de trabalho do Plano de Ação Três Lagoas Sustentável, iniciado em março como ação do Programa de Apoio à Gestão Pública.

A abertura do evento, marcado para começar nesta quinta-feira, às 8h 30, no auditório da Aems, a população terá a oportunidade de conhecer a metodologia e os temas que serão discutidos durante a execução do Plano.

As palestras terão início a partir das 14h de quinta- feira e terão continuidade na sexta-feira. Os temas do Seminário de Diagnóstico da Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES) de Três Lagoas são: Qualidade da água, saneamento e drenagem; Gestão de resíduos sólidos e geração de energia; Qualidade do ar e mitigação da mudança climática;Redução da vulnerabilidade diante de desastres naturais no contexto da mudança climática; Uso do solo e ordenamento territorial; Mobilidade urbana e transporte; Infraestrutura de serviços: educação, saúde e segurança e Impostos e autonomia financeira. 

Deixe seu Comentário