Rádios On-line

Espaços vazios correspondem a 34% da cidade

Até 2011, a taxa de terrenos baldios era de 40%, número que deve voltar crescer

19 JAN 2013 - 08h:20Por Arthur Freire/JP

A taxa de terrenos baldios recuou cerca de 6% nos últimos meses. Segundo dados do setor de Tributação de Três Lagoas, 34% da área urbana do município é de espaços vazios, o que equivale a uma média de 24.798 terrenos baldios. Já o número de áreas construídas é de 34.184. Há dois anos, a taxa de ocupação era de 40%. Em 2011, a cidade tinha 25.442 terrenos vazios. No ano seguinte, o número caiu para 24.799, e, em janeiro de 2013, é de 24.798. 

De acordo com o secretário de Finanças, Gilmar Meneguzzo, para tentar reduzir os espaços vazios da cidade, a Prefeitura lançou a taxa diferenciada no Imposto de Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). Para o terreno vazio a taxa é de 2,5% em cima do valor venal, já para os lotes com construção a alíquota é de 1% em relação ao metro quadrado também baseado no valor venal do imóvel. “O valor é diferenciado com o objetivo de incentivar a construção de imóveis”, explicou. Neste ano, a Prefeitura estima arrecadar R$ 22 milhões com o encargo.

Entretanto, esse número pode voltar a crescer já que, em breve, serão lançados quatro novos loteamentos no município.

Confira a matéria completa na edição Nº 5.117, de 19 de janeiro de 2013, do Jornal do Povo.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13