Rádios On-line
EPIDEMIA

Especialista desmistifica dengue e afirma 'é possível pegar mais de uma vez'

Três Lagoas vive verdadeira epidemia da doença e registra mais de 300 casos suspeitos

27 DEZ 2018 - 14h:30Por Tatiane Simon

Três Lagoas contabiliza de janeiro até agora, 3.086 casos notificados de dengue. Desses, cerca de 700 foram confirmados. Além disso, lidera a lista dos municípios de Mato Grosso do Sul com maior incidência de dengue e vive uma epidemia da doença. De acordo com a coordenadora municipal de vigilância epidemiológica, Adriana Spazzapan, o vírus do tipo 2 é o que circula em Três Lagoas.

Acreditar que só é possível pegar dengue uma única vez é um mito! Como existem quatro subtipos do vírus da dengue, é possível, sim, pegar dengue mais de uma vez. A única questão é que serão tipos diferentes da doença a cada uma destas vezes, já que a pessoa pode desenvolver a doença ao ser infectada com um subtipo que não teve contato anteriormente. “Uma pessoa se torna completamente imune à dengue só depois de ter sido infectada com todos os subtipos da doença”, explica.

A especialista orienta sobre os primeiros sintomas da doença e alerta a população sobre a importância de saber onde procurar atendimento médico. “O ideal é você buscar atendimento na unidade de saúde do seu bairro por uma questão de segurança. O paciente pode estar desidratado e agravar a situação se deixar para ir no hospital, por exemplo, onde está mais distante e pode estar mais cheio”, explica.

A coordenadora salienta que o morador deve procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou o pronto socorro do Hospital Auxiliadora em finais de semana, feriados ou à noite.

Após o diagnóstico, o paciente deve manter os cuidados ou em casa ou no hospital, dependendo da situação clínica de cada um.

Deixe seu Comentário