Rádios On-line
DIAGNÓSTICO

Estudos para elaboração de plano de ação são apresentados à sociedade

Ações fazem parte do Programa de Apoio à Gestão Pública para desenvolvimento sustentável

31 AGO 2016 - 12h:33Por Ana Cristina Santos

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio da Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES), apresentou nesta quarta-feira (31) estudos de mais uma etapa do diagnóstico do município, que resultará na elaboração do Plano de Ação Três Lagoas Sustentável, voltado para aumentar a qualidade de vida dos seus habitantes e preparar a cidade para o desenvolvimento sustentável.

O evento de apresentação dos estudos aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença de representantes da sociedade, da prefeita Márcia Moura (PMDB), secretários municipais, vereadores, entre outros.

As ações fazem parte do Programa de Apoio à Gestão Pública, uma iniciativa conjunta do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), do BID, do Instituto Votorantim, e Fibria, que vão financiar a elaboração do Plano de Ação e a revisão do Plano Diretor Participativo.

De acordo com a coordenadora do Projeto Cidades Emergentes e representante do BID, Márcia Casseb, nesta quarta-feira, foi apresentado os estudos sobre vulnerabilidade das questões climáticas, inventário de gás de efeito estufa e sobre a expansão da mancha urbana, bem como o levantamento da competitividade econômica. “Pretendemos entregar esses estudos dentro de um mês, para que o município posso implementar as ações propostas”, disse.

Segundo Márcia, após a conclusão da fase de diagnóstico, que vai apontar as prioridades para a cidade, é que será elaborado o Plano de Ação Três Lagoas Sustentável. A intenção do instituto é concluir esse trabalho até dezembro. Paralelo a esse levantamento, ocorre à revisão do Plano Diretor de Três Lagoas.
 

Deixe seu Comentário