Rádios On-line
ENTREVISTA

Ex-assessor diz que foi obrigado a devolver mais de R$ 60 mil a Jorginho do Gás

Ex-presidente da Câmara de Três Lagoas é condenado pela prática de ‘rachadinha’

21 OUT 2020 - 11h:20Por Ana Cristina Santos

O ex-assessor do vereador Jorginho do Gás (PSDB), Antônio Siqueira, conhecido por Tonico, disse em entrevista ao Grupo RCN de Comunicação, que chegou devolver ao parlamentar, mais de R$ 60 mil de parte dos seus salários e de diárias que pegava e não viajava.

Jorginho do Gás, atual vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Três Lagoas, foi condenado por ato de improbidade administrativa por enriquecimento ilícito. Ele é acusado da prática conhecida como rachadinha, mensalinho ou pedágio.

A decisão de primeira instância prevê as sanções de perda da função pública de vereador, suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos e pagamento de multa civil equivalente a 10 vezes o valor do último subsídio recebido por ele no cargo político. Sobre o valor da multa deverá incidir correção monetária pelo IPCA-E e juros moratórios de 1% ao mês, desde então até o efetivo pagamento. A decisão ainda cabe recurso e a defesa de Jorginho diz que vai recorrer.

 O ex- assessor disse que Justiça foi feita. “É uma ação que demorou seis anos, é um processo grande. Alguns falavam que não tinha fundamento, mas eu quando procurei o Ministério Público, fui com verdade, com dignidade”, disse.

Ainda segundo Tonico, além de parte dos salários, tinha que devolver também os valores de diárias que eram solicitadas em seu nome pelo ex-presidente, mas que ele nem viajava. Contou ainda que, em determinada ocasião viajou, mas nem participou do curso para o qual a diária foi solicitada.

“Se eu não devolvesse o dinheiro eu não pagava o meu salário. Eu era obrigada a devolver. È um esquema muito grande”, ressaltou.

O ex-assessor adiantou que vai entrar na Justiça para requerer os valores que eram seu por direito, mas que eram devolvidos ao ex-presidente da Câmara.

A defesa do vereador Jorginho do Gás informou que irá interpor os recursos próprios, e acredita que essa decisão será reformada. 

Veja reportagem na integra 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13