Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
SEGUNDO A POLÍCIA

Executivo que matou ex-mulher teria feito ameaças antes do crime às filhas

Para a polícia, Renato Ottoni planejou matar a ex-mulher e tirar a própria vida logo após o crime

17 JAN 2018 - 14h:45Por Sergio Colacino

O ex-gerente de uma fábrica de celulose, Renato Ottoni, de 69 anos, teria dito para as filhas, de 3 e 5 anos de idade, que iria “fazer algo” com a mãe delas, Halley Coimbra, de 39. Ela é ex-mulher de Ottoni, e foi assassinada a tiros no domingo (14), dentro da casa onde morava. O gerente aposentado é apontado pela polícia como o autor do crime. Ele teria se matado dentro do carro que usou para fugir do local do crime. O corpo foi encontrado nesta terça-feira (16) em uma área rural de Castilho (SP).

“Ele vinha falando para as filhas do casal que iria ‘fazer algo’ com a mãe. As crianças comentaram com ela neste sentido e ela [Halley] tinha repreendido o ex-marido para que parasse de fazer esses comentários. Ele estava a ameaçando indiretamente”, afirma a delegada Letícia Móbis, responsável pela investigação. Segundo ela, tudo foi premeditado. O suspeito teria planejado assassinar a ex-companheira e depois tirar a própria vida. “Ele não voltou para casa após o crime”, completa.

Entenda o caso

No primeiro semestre de 2017, Renato Otoni trabalhava como gerente de uma fábrica de celulose, instalada em Três Lagoas. Ele deixou a empresa e se aposentou. O casal estava separado havia três meses e o ex-gerente não aceitava o fim do relacionamento, de acordo com familiares. Na tarde de domingo, ele foi até a casa da vítima e efetuou os disparos que atingiram as costas e o rosto dela. As filhas do casal, de 3 e 5 anos, estavam no local e presenciaram o assassinato. Halley trabalhava em uma empresa da família.

Policiais civis e militares de Três Lagoas localizaram o corpo do ex-gerente industrial na terça-feira. De acordo com a Polícia Civil, o corpo estava dentro de um carro, aparentemente com um tiro na cabeça, em uma área rural, que fica na região do município de Castilho (SP), a 30 quilômetros de Três Lagoas.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13