Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
CASSAÇÃO

Ex-vereadora ficou decepcionada com colegas da Câmara de Três Lagoas

Leia a coluna indicadores da edição de sábado (1º) do Jornal do Povo

1 FEV 2020 - 08h:10Por Redação

DECEPCIONADA 
A ex-vereadora Marisa Rocha (PSB) disse que ficou decepcionada com a postura de colegas da Câmara de Três Lagoas que, para ela, em nenhum momento pediram explicações sobre o motivo da prisão nem da cassação de seu mandato. Marisa disse que os vereadores poderiam ter aberto uma CPI para pedir esclarecimentos, por exemplo. Mas, segundo Marisa, “alguns só jogaram pedras”. 

NA JUSTIÇA
A defesa dela tenta reaver o mandato na Justiça porque o artigo da Lei Orgânica do Município usado na cassação do seu mandato seria ilegal. Independente disso, porém, Marisa diz que não está inelegível e que poderá disputar as eleições de outubro deste ano.

RETORNO
Vereadores de Três Lagoas retomam os trabalhos legislativo na próxima semana, com a primeira sessão ordinária já na terça-feira (4), após o período de recesso. Como de praxe, a primeira sessão do ano deverá ser carregada de indicações e requerimentos de vereadores e de projetos do Executivo.

MUDANÇAS
O que não vai faltar nas câmaras de vereadores, neste ano, em todo o país, é o famoso troca-troca de partido. Com as mudanças na legislação eleitoral, a maioria dos parlamentares vai procurar um partido com melhores condições de eleição para se manter no cargo.

ESTUDO
O governo de Mato Grosso do Sul, o Ministério da Infraestrutura e a Empresa Brasileira de Logística vão realizar estudos para analisar quais rodovias estaduais e federais que cortam o Estado têm mais condições de serem repassadas em bloco à iniciativa privada.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13