Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
APARELHO RECOLHIDO

Exame de eletroencefalograma é suspenso e 340 pacientes aguardam na fila

Equipamento foi retirado da Clínica de Diagnóstico e Cirurgia (CDC) de Três Lagoas após contrato com empresa ser rompido

20 JUN 2018 - 09h:00Por Kelly Martins

Ao menos 340 pacientes estão na fila de espera por exames de eletroencefalograma, em Três Lagoas. O atendimento foi suspenso na Clínica de Diagnóstico e Cirurgia (CDC) há duas semanas após o contrato com a empresa responsável pela manutenção do equipamento não ser renovado pelo governo do estado.

O aparelho foi cedido para o município, em regime de comodato, pela Secretaria Estadual de Saúde e os exames eram realizados na clínica administrada pela prefeitura. Além de Três Lagoas, outras dez cidades também tiveram os exames de eletroencefalograma suspensos.

Os aparelhos já foram recolhidos pela empresa terceirizada em Dourados, Ponta Porã, Aquidauana, Corumbá, Naviraí, Nova Andradina, Jardim, Coxim, Paranaíba, Campo Grande e Três Lagoas. Ainda não há previsão de quando o atendimento será retomado.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde,  147 pacientes esperam pelo exame de eletroencefalograma sem sedação. Esse procedimento é feito na Clínica de Diagnóstico e Cirurgia (CDC). Já outros 193 pacientes aguardam para o exame com sedação. Nesse caso, a pasta informou que as pessoas são encaminhadas para Campo Grande, onde o exame é realizado.

Outro lado

O governo disse, por meio de nota, que o contrato com a empresa que atendia a essa demanda não foi renovado devido a problemas contratuais. “Tivemos alguns problemas contratuais, como metas, e resolvemos não prorrogar o contrato. Já estamos trabalhando para contratar uma nova empresa”, explicou a superintendente Geral de Atenção à Saúde da SES, Mariana Croda. Apesar da suspensão temporária do serviço, a superintendente ressalta que o exame não deixará de ser oferecido na rede pública nas cidades onde a empresa atuava.

Exame

O eletroencefalograma é um teste que avalia a atividade elétrica do cérebro, em um procedimento rápido, simples e indolor, no qual os impulsos elétricos do cérebro, transmitidos através de eletrodos, são registrados e armazenados em um programa próprio (software) de computador, para posterior ampliação e impressão em formulário adequado para essa finalidade.

Ele ajuda a diagnosticar uma série de complicações de saúde que merecem atenção rápida e especializada, como, tumores, traumatismos, lesões e distúrbios mentais ou convulsivos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13