Rádios On-line
LOGÍSTICA

Fibria começou a construir terminal intermodal

Terminal atenderá o escoamento da produção de celulose da sua nova fábrica em Três Lagoas para o Terminal de Macuco, no Porto de Santos (SP)

11 FEV 2017 - 11h:04Por Valdecir Cremon

A Fibria, empresa brasileira de base florestal e líder mundial na produção de celulose de eucalipto, lançou esta semana a pedra fundamental das obras do terminal intermodal que começa a ganhar forma no município de Aparecida do Taboado. Os investimentos integram um plano de R$ 7,5 bilhões previstos pela companhia e que estão sendo aplicados no complexo Horizonte 2 na costa leste de Mato Grosso do Sul. O terminal atenderá o escoamento da produção de celulose da sua nova fábrica em Três Lagoas para o Terminal de Macuco, no Porto de Santos (SP), de onde será exportada para clientes na Ásia, Europa e Estados Unidos. 

A cerimônia do lançamento da pedra fundamental ocorreu na última quinta-feira, 09, e contou com a presença de diversas autoridades. Além do gerente de projetos, Julio Cunha, estiveram presentes o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, diversos deputados estaduais, prefeitos e vereadores de diversos municípios e convidados.

O terminal intermodal – que integra vários meios de transporte, como o rodoviário e o ferroviário – de Aparecida do Taboado está localizado na BR 158 e terá capacidade para escoar 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano. O término das obras está previsto para julho de 2017. A entrada em operação da segunda linha de produção de celulose da Fibria em Três Lagoas está prevista para o início do quarto trimestre deste ano. 

 “A Fibria vem fazendo sua lição de casa ao investir em práticas quealiam o crescimento com o desenvolvimento regional sustentável.” diz Marcelo Castelli, presidente da Fibria. 

Deixe seu Comentário