Rádios On-line
DISPUTA

Fibria entra na ‘briga’, mas chilena Arauco pode comprar Eldorado na próxima semana

O direito de exclusividade da chilena na negociação pela Eldorado encerra à meia-noite de 3 de agosto

29 JUL 2017 - 14h:21Por Ana Cristina Santos

O presidente da Fibria, Marcelo Castelli, disse que a companhia está pronta para fazer oferta pela Eldorado Brasil. As duas empresas têm fábricas de celulose em Três Lagoas.  A empresa chilena Arauco, no entanto , está na frente da negociação pela compra da Eldorado. Inclusive, já ofereceu R$ 14 bilhões pela fábrica.

O direito de exclusividade da chilena na negociação pela Eldorado encerra à meia-noite de 3 de agosto, dia em que será concluída a auditoria nos ativos da empresa controlada pela J&F investimentos. A expectativa é de que a Arauco possa fechar o acordo e anunciar a compra da fábrica nesse dia.

A Fibria, por sua vez, está monitorando essa negociação e aguarda esse período para apresentar sua proposta. Em teleconferência com jornalistas para comentar os resultados do segundo trimestre nesta semana, o presidente da Fibria disse que não existe preferência firmada, e que a decisão desse jogo de xadrez está nas mãos dos acionistas da Eldorado.

A compra da Eldorado seria interessante para a Fibria, porque traria ganhos nas áreas florestal, industrial, de suprimento e de logística, além de redução no número de funcionários, já que as duas companhias possuem fábricas instaladas em Três Lagoas.

Funcionários

Funcionários da Eldorado Brasil vivem momento de apreensão com a venda da fábrica.  A reportagem recebeu informações de que alguns funcionários teriam sido demitidos nos últimos dias. A Eldorado, no entanto, informou ao Jornal do Povo que não tem previsão de desligamentos atualmente. Em nota, a empresa esclarece que “seu quadro funcional é compatível com o nível de operações e que todas as movimentações de pessoas estão alinhadas com a estratégia do negócio”.

A companhia enfatiza ainda que conquistou sucessivos recordes ao longo de 2017, o que sinaliza a alta performance de seus profissionais à frente da maior produtora de celulose em linha única do mundo, com ritmo de produção de 1,7 milhão de toneladas anual.

Quanto ao acordo de confidencialidade entre sua controladora, a J&F, e a Arauco, a Eldorado diz que não comenta negociações em curso. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13