Rádios On-line

Fibria qualifica 20 operadores de máquina colheitadeira

Empresa emprega hoje aproximadamente 480 funcionários no setor de colheita florestal

30 ABR 2013 - 08h:30Por Divulgação

Vinte trabalhadores foram contratados pela Fibria para manusear máquinas de colheita florestal. A iniciativa, segundo informou a empresa, faz parte da estratégia da unidade para criar e fortalecer oportunidades de trabalho na atividade florestal, com formação de mão de obra especializada na região de Três Lagoas. Para isso, não foi exigida experiência na área. Os novos contratados, escolhidos através de processo seletivo, foram qualificados pela própria empresa. 

O processo seletivo foi aberto para toda a comunidade e contou com um total estimado em 150 inscritos. Nele, os candidatos passaram por provas, exames psicotécnicos e um teste no simulador para avaliação de coordenação motora.  

Do total de inscritos, 20 foram selecionados. A faixa etária desses novos trabalhadores, de acordo com a Fibria, é jovem, entre 18 e 23 anos. Eles foram registrados após serem aprovados no processo seletivo e receberam todos os benefícios previstos em lei durante o processo de qualificação. 

Para o gerente de colheita florestal, Tomás Balistiero, a estratégia é uma forma de investimento, tanto no funcionário quanto na empresa. “Estamos suprindo a necessidade de nosso quadro operacional abrindo oportunidade para aquelas pessoas que buscam formação e uma colocação melhor no mercado do trabalho”.

QUALIFICAÇÃO
Depois de encerrado o processo seletivo, os operadores passaram por um curso de qualificação. Entre os requisitos básicos para a conclusão, foram exigidas 40 horas aulas em um simulador de máquina de colheita. O objetivo do programa, conforme o coordenador de capacitação operacional, Artur Antônio Mazon, é reduzir o tempo que os novos contratados passariam dentro de uma máquina aprendendo as técnicas de operação. 
O simulador possui todas as características de uma máquina real. “É a mesma cabine e os mesmos comandos. Ao término das aulas, eles já terão adquirido a técnica necessária para iniciar o treinamento no campo, que consiste na prática da colheita”. 

Além das técnicas adquiridas no simulador, os operadores também recebem qualificação quanto a conhecimentos básicos sobre a máquina, procedimentos operacionais, rotinas e segurança operacional.

Atualmente, a Fibria emprega aproximadamente 480 trabalhadores no setor de colheita florestal. A área de floresta plantada da empresa em Mato Grosso do Sul é de 228,4 mil hectares, segundo Relatório de Sustentabilidade de 2012. Em todo o Brasil, a Fibria trabalha com uma base florestal total de 958 mil hectares, 336 mil deles são destinados à conservação ambiental.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13