Rádios On-line

Fibria recebe multa de R$ 1,6 bi da Receita

Autuação fiscal é referente a imposto de renda e contribuição social sobre o lucro

27 DEZ 2012 - 07h:16Por Arquivo JP

A Receita Federal multou a Fibria, uma das maiores fabricantes de celulose de eucalipto, em R$ 1.666 milhões, devido a um acordo de troca de ativos acertado em 2007 com a International Paper. O valor principal é de R$ 556 milhões e R$ 1.110 bilhão de multa e juros. Segundo nota divulgada pela empresa, a autuação fiscal da Receita Federal é referente a imposto de renda e contribuição social sobre o lucro.

Conforme informações divulgadas pela empresa, em 1º de fevereiro de 2007, a Fibria, naquela ocasião Votorantim Celulose Papel (VCP), celebrou um acordo com a International Paper, cujo objeto foi a permuta de ativos industriais e florestais das duas empresas. Em consequência do acordo, a VCP transferiu à International Paper a unidade de produção de celulose e papel localizada no município de Luiz Antonio (SP), bem como a base florestal específica desta unidade. A International Paper, por sua vez, transferiu para a VCP ativos referentes a uma planta de celulose em construção, com todos os direitos relacionados, além de terras e florestas plantadas localizadas no entorno de Três Lagoas. 

De acordo com a Fibria, a operação de permuta foi rigorosamente legal e seus resultados comprovados para a Receita Federal, com a construção e entrega da planta da companhia em Três Lagoas. A empresa informou que, neste momento, não tomará nenhuma medida, a não ser a apresentação da regular defesa administrativa no prazo legal. 
“Apesar da referida autuação não trazer qualquer impacto financeiro para a companhia a curto e médio prazo, considerando o valor elevado do auto de infração lavrado, a empresa entende que é adequado comunicar esse fato ao mercado, reiterando nosso compromisso com a transparência perante nossos investidores”, diz a nota divulgada pela Fibria.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13