Rádios On-line

Fiems lança obras orçadas em R$ 61,5 milhões

Cidade contará com um Instituto de Inovação de Biomassa e uma nova escola do Sesi

5 FEV 2013 - 08h:29Por Reprodução

O presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen, lança hoje, em Três Lagoas, as obras de construção do Instituto Senai de Inovação de Biomassa (ISI Biomassa) e da nova escola do Sesi. Os dois empreendimentos que serão construídos em Três Lagoas, com previsão de entrar em funcionamento em 2014, foram orçados em R$ 61,5 milhões. O lançamento contará com a presença da governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), e da prefeita Márcia Moura (PMDB), entre outras autoridades.

Os dois empreendimentos serão instalados em uma área de 83,5 mil metros quadrados, localizada no bairro Santa Luzia, a qual foi doada pelo Patrimônio da União, onde funciona atualmente o Departamento de Obras e Serviços (DOS), que será transferido para outro terreno. O Instituto de Biomassa, orçado em R$ 34,8 milhões, será construído em um espaço de 42 mil metros quadrados. Já a nova escola do Sesi, orçada em R$ 26,6 milhões, será edificada em uma área de 41,5 mil metros quadrados.

De acordo com o presidente da Fiems, o Instituto Biomassa será um forte aliado das empresas no desenvolvimento integrado de produtos e processos na área de biomassa. Segundo a Fiems, o instituto pretende atender a todos os setores da indústria e às demandas específicas de cada região do país em áreas relacionadas a energias renováveis, cosméticos, fármacos e fármacos veterinários, bem como a de alimentos para animais com combinação de biomassa para rações, química fina e resíduos industriais.

O instituto, em parceria com o Programa Ciências Sem Fronteira do CNPq, irá permitir a qualificação dos pesquisadores para gerar conhecimento, além de desenvolver tecnologias inovadoras que atendam às necessidades atuais e futuras da indústria. O ISI Biomassa será o primeiro a ser construído no Brasil e servirá de referência nacional. O instituto faz parte do Programa Senai de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira, lançado em abril do ano passado, e deve ser financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).

ESCOLA
Já a nova escola do Sesi terá uma área edificada de 14 mil metros quadrados e será composta por 38 salas de aula, salas para o setor administrativo e pedagógico, blocos de sanitários, dois laboratórios de informática, refeitório com depósito, sala para nutricionista e espaço para cozinha, área de saúde e segurança no trabalho, quadra poliesportiva, reservatório de água, sistema de captação de águas pluviais, estacionamentos, áreas verdes e piscinas. A capacidade do colégio será suficiente para atender 1,5 mil alunos.

A princípio, a nova escola do Sesi seria construída em uma área institucional nas proximidades do aeroporto, onde deve ser lançado um novo loteamento. Entretanto, a instituição teria optado por uma área na região mais central. Segundo Sérgio Longen, a nova escola do Sesi vai atender, de forma adequada, às demandas das indústrias instaladas no município de Três Lagoas nas áreas de educação, saúde e lazer.

Além do lançamento das obras do instituto e da escola, o presidente da Fiems vai apresentar o Plano de Desenvolvimento Regional (PDR) e anunciar as ações do Sesi, Senai e do IEL no município para este ano.

Quanto ao DOS, a previsão é de que o departamento seja transferido para uma área nas proximidades do Cemitério Municipal, doada pela Eldorado Brasil. Também existe a possibilidade de o órgão funcionar em outra área, na saída para Brasilândia, onde funcionava o alojamento da empresa de celulose. Segundo o secretário de Assuntos Governamentais, Walmir Arantes, a Prefeitura terá cerca de dois meses para fazer toda a transferência.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13