Rádios On-line

Financial apresenta projeto de coleta seletiva de lixo

Reunião contou com a participação de representantes da Financial e secretários municipais

15 MAI 2013 - 09h:21Por Redação

A empresa Financial Ambiental, hoje responsável pela coleta de lixo urbano em Três Lagoas, apresentou na manhã de ontem o projeto de coleta seletiva realizado em Campo Grande à prefeita Márcia Moura. 

A reunião contou com a participação, além de Márcia, do gerente regional da terceirizada, Ivan Garcia de Oliveira, e do engenheiro ambiental Fabiano Carvalho. De acordo com informações da Prefeitura de Três Lagoas, o objetivo do encontro foi debater o projeto, hoje em fase de estudo no município. Nele, os representantes da empresa responderam questionamentos referentes à experiência já desenvolvida em Campo Grande e também sobre o processo de implantação dos serviços da Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos e de uma cooperativa de trabalhadores.

De acordo com o secretário de Assuntos de Governo, Walmir Arantes, a reunião visou apenas apresentar ao município o trabalho já desenvolvido em Campo Grande. Já a definição da empresa que realizará o serviço no município ocorrerá depois da conclusão dos estudos necessários e através de processo licitatório. “A prefeita [Márcia Moura], no seu plano de governo, fez compromisso de implantar a coleta seletiva na cidade. Hoje, esse grande desafio é comandado pela Secretaria de Meio Ambiente. Estamos na fase de estudo ainda. Mas a previsão é de que, até o final deste ano, no máximo até o início de 2014, o sistema de coleta seletiva esteja implantado ou, pelo menos, já esteja em estágio avançado de implantação”, destacou.

COLETA SELETIVA
O prazo visa atender a Lei Federal de Saneamento Básico e à Política Nacional de Resíduos Sólidos que prevê, entre outras exigências, a implantação do sistema de coleta seletiva. A lei é de 2010 e concedeu prazo de quatro anos para adequação dos municípios. No texto, caso não sejam cumpridas todas as determinações até o ano que vem, as cidades poderão sofrer sanções, como perdas de recursos destinados para o setor.

Atualmente, Três Lagoas produz uma média de 105 mil quilos de lixo em um único dia. A média de geração de lixo é de 0,98 quilo/dia por habitante, conforme dados apresentados na audiência pública sobre o Plano de Gestão Integrada de Resíduos em Três Lagoas, realizada em abril. Além disso, o estudo mostra que pelo menos 50% desse material poderá ser reciclado: papel (7%), papelão (7%), madeira (3%), plástico duro (5%), trapo (2%), vidro (3%), entre outros.

Atualmente, segundo pesquisa do Compromisso Empresarial para Reciclagem (CEMPRE), as principais formas de implantação são a coleta porta a porta (praticado em 51% das cidades que têm o serviço de coleta seletiva implantada). Dos municípios que possuem o sistema implantado, 74% disponibilizam Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) em sua gestão.

A reunião com os representantes da Financial contou também com a participação dos secretários: Milton Gomes Silveira (Meio Ambiente), Maria Lúcia Firmino (Assistência Social), e do colaborador de projetos, o professor Eronildo Barbosa.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13