Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Fiscais encontram 77 'gatos' na rede elétrica e prejuízo é mais de R$ 1 milhão

Fraudes e furtos de energia elétrica estão concentrados na área central da cidade, segundo Elektro

16 AGO 2017 - 09h:17Por Kelly Martins

Redes clandestinas de energia elétrica – os famosos gatos – crescem cada vez mais em Três Lagoas e já causaram prejuízo acima de R$ 1 milhão apenas nos últimos três meses.  O levantamento preliminar se refere aos boletins de ocorrências registrados nas delegacias da cidade e, neste ano, quatro pessoas suspeitas de cometer o crime foram detidas.

A concessionária Elektro, responsável pelo fornecimento de energia elétrica ao município, confirmou que foram registrados 77 casos de furtos de energia em Três Lagoas, entre os meses de janeiro e julho. Porém, não detalhou o prejuízo gerado à empresa. O número é maior se comparado a 2016, quando foram registrados 66 casos.

Outro detalhe é que as ocorrências estão concentradas na área central da cidade. Ao longo deste  ano, as equipes de fiscalização encontraram  vários “gatos” sendo utilizados no abastecimento de energia de empresas e também de residências.

A equipe de reportagem conversou com uma pessoa que integra a equipe técnica da concessionária. Ela confirmou que muitos estabelecimentos comerciais estão furtando energia e alguns até investem em alta tecnologia. Entretanto não foi divulgado sobre a forma de atuação da suposta fraude. Por outro lado, foi confirmado que em Três Lagoas o impacto é um dos maiores dá região.         

Parte deste prejuízo vai para a conta de todos os consumidores em forma de rateio que a sociedade paga por existir esse tipo de ação criminal. De acordo com o Código Penal, furto de energia e fraude são considerados crime, com pena de um a quatro anos de reclusão. Além disso, são cobrados os valores retroativos referentes ao período fraudado, no qual o cliente se beneficiou do consumo de energia sem pagar.

Para tentar reduzir as ligações clandestinas de energia, a Elektro iniciou uma campanha de conscientização. “O cliente precisa colaborar com a fiscalização. O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre os riscos que o furto de energia pode provocar. Todos acabam sendo prejudicados por esse ato ilegal”, explicou o supervisor do setor de Redes Inteligentes da empresa, Talles Silva.

Campanha

Ele pontua que os “gatos” sobrecarregam a rede elétrica, o que pode deixar muitas casas sem energia. Além disso, pode causar danos à rede elétrica, como queima de aparelhos eletroeletrônicos e até incêndios.

Na campanha, a concessionária informa que o furto acontece quando há uma ligação direta na rede empresa, sem o conhecimento ou autorização da distribuidora, que desvia a energia elétrica de forma ilegal para um consumidor. Já a fraude se dá quando o cliente manipula o consumo do medidor de energia, com o objetivo de pagar um valor inferior ao consumido.

A empresa orienta a população a denunciar casos deste tipo pelo site da Elektro. (www.elektro.com.br)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13