Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
CRIME

Fiscalização encontra 330 ‘gatos’ na rede elétrica em Três Lagoas

Fraude de energia registrada neste ano daria para abastecer o município por um dia

8 AGO 2020 - 13h:05Por Kelly Martins

Os famosos ‘gatos’ – redes clandestinas de energia elétrica – crescem cada vez mais em Três Lagoas. Somente neste ano foram registrados 330 casos de furto de energia na cidade, entre os meses de janeiro e julho. As fraudes envolvem residências e também estabelecimentos comerciais. Muitos casos foram flagrados por técnicos, fiscais e até mesmo pela polícia, na área central de Três Lagoas. Os casos se tornaram boletins de ocorrência nas delegacias. 

Para se ter uma ideia, a fraude de energia registrada neste ano em Três Lagoas daria para abastecer o município por um dia. Só que esse prejuízo com a energia não fica para a concessionária. Quem paga por isso são os consumidores. São cobrados os valores retroativos referentes ao período fraudado, no qual o cliente se beneficiou do consumo de energia sem pagar.

É CRIME!
De acordo com o Código Penal, fraudes e furto de energia são considerados crime, com pena de um a quatro anos de reclusão.  Por isso, quem souber de ligações clandestinas pode denunciar. Nesses casos a identidade da pessoa é mantida em sigilo, segundo a polícia.

Quando não há flagrante e essas ligações são descobertas, um processo administrativo é aberto e a pessoa responsável pela unidade consumidora é autuada e obrigada a pagar por toda a energia que foi furtada de uma só vez. 

RISCOS
Os ‘gatos’ sobrecarregam a rede elétrica, o que pode deixar muitas casas sem energia. Além disso, pode causar danos como queima de aparelhos eletroeletrônicos e até incêndios.

MORTES
De acordo com a Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia (Abradee), ligação clandestina é quarta maior causa de morte no país relacionada à energia elétrica. 

Confira a reportagem abaixo:

Deixe seu Comentário

SEMANA NACIONAL DO TRANSITO BANNER INTERNA

TVC Canal 13
  • Programas: