Rádios On-line
RIOS

Fiscalização nos rios de Três Lagoas ainda sofre com falta de efetivo

São apenas 18 policiais que integram o efetivo da PMA e que são responsáveis por fiscalizar rios na região

20 JAN 2017 - 11h:01Por Viviane Pinheiro

Três rios cortam a região de Três Lagoas. Apesar disso, a fiscalização que deveria ser intensa sofre com a falta de estrutura e efetivo da Polícia Militar Ambiental (PMA).

A área de atuação da PMA envolve os rios Sucuriú, Paraná e Rio Verde. São extensões de água que exigem grande fiscalização, principalmente no período da piracema.

Porém, a equipe é pequena e faltam equipamentos. São apenas 18 policiais que integram o efetivo da PMA e que são responsáveis por fiscalizar rios na região de Três Lagoas, Brasilândia, Inocência, Selvíria, Santa Rita do Pardo e Água Clara, tudo em apenas três barcos cedidos pelo Governo do Estado. 

 

ASSISTA A REPORTAGEM:

 

Deixe seu Comentário