Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
TRêS LAGOAS

Funcionários que trabalham nas obras do Hospital Regional paralisam atividades

Cerca de 150 operários cruzaram os braços e prometem entrar em greve na próxima semana

10 ABR 2018 - 15h:47Por Ana Cristina Santos

Os trabalhadores da empresa Sial Construções Civis, responsável pela construção do Hospital Regional de Três Lagoas, paralisaram as atividades nesta segunda e terça-feira (10). Eles cobram melhores condições de trabalho, vale transporte e refeição.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Aldenizio Santos Sales, a paralisação iniciou por falta de pagamento por um serviço prestado. Depois, se estendeu para reivindicação de outros benefícios.

De acordo com o presidente, foi apresentada uma pauta de benefícios a empresa, com sede em Curitiba, que ficou de apresentar uma proposta dentro de sete dias.

Caso a empresa não atenda as reivindicações, os trabalhadores adiantaram que vão entrar em greve. Cerca de 150 pessoas trabalham na obra. A empresa não se pronunciou sobre a paralisação dos trabalhadores.

As obras de construção do hospital foram iniciadas em abril do ano passado. Segundo o presidente do sindicato, os serviços estão dentro do programado.

O hospital foi orçado em R$ 56,4 milhões. A previsão é de que a obra seja concluída no ano que vem.

O empreendimento está em construção em uma área de 26 mil m² no Distrito Industrial, às margens da  rodovia BR-158, doada pelo empresário Magid Thomé Filho à prefeitura.

O Hospital Regional terá 138 leitos distribuídos em três pavimentos. Depois de pronto, vai funcionar com 652 funcionários em quatro turnos.

 

 

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13