Rádios On-line
9197
EM TRÊS LAGOAS

Gaeco mira "gerais do Estado" de facção criminosa

Operação Comando Fechado foi realizada em oito cidade; metade delas em MS

7 NOV 2019 - 14h:33Por Valdecir Cremon

Uma operação deflagrada nesta quinta-feira (7) pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) - braço de inteligência do Ministério Público no país - cumpriu 46 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Aquidauana (MS), Ribeirão Preto (SP), Porto Velho (RO), Morrinhos (GO) e Mossoró (RN) para combate ao crime organizado.

A operação mirou lideranças de uma facção criminosa que age dentro e fora de presídios para o tráfico de drogas e assaltos. Os "gerais do Estado" e "chefes de disciplina" teriam áreas de atuação nas cidades onde houve a operação, segundo o Ministério Público de Mato Grosso do Sul. 

O órgão justifica assim a escolha do nome da operação.

A ação teve apoio do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e do Batalhão de Choque da PM. Não foram divulgados nomes nem imagens dos envolvidos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13