Rádios On-line

Governador autoriza execução de obras de quase R$ 60 mi

Ordem de serviço foi autorizada ontem pelo governador e presidente da Sanesul

28 MAI 2013 - 08h:26Por Arthur Freire/JP

O governador André Puccinelli (PMDB) e o presidente da Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul (Sanesul), José Carlos Barbosa, assinaram, ontem, em Três Lagoas, ordem de serviço para o início de obras de melhoria e ampliação dos sistemas de abastecimentos de água e de esgotamento sanitário em Três Lagoas, no valor de R$ 59,8 milhões.

De acordo com o presidente da Sanesul, todas as obras terão início de imediato e devem ser concluídas até o final de 2014. As obras lançadas ontem, somadas as que estão em andamento, segundo ele, chegam a R$ 95 milhões de investimentos no município. “Essas obras são de capital importância, porque saneamento é saúde. E ao término de todas elas, Três Lagoas terá mais de 97% de captação de água e esgoto tratado”, destacou o governador.  

Puccinelli aproveitou para solicitar ao presidente da Sanesul que cobre das empreiteiras agilidade da execução dos serviços de tapa-buracos, assim que as obras forem executadas. “O nosso empenho é que nessa ordem de serviço o José Carlos fiscalize para que as empresas façam rápido e bem feito o serviço”, completou o governador.

A primeira ordem de serviço, no valor de R$ 1,84 milhão, destina-se à reforma do prédio do escritório local da Sanesul, construção de um novo laboratório, implantação de uma estação elevatória e rede de distribuição para atender ao Residencial Novo Oeste, ativação de dois poços, um na Vila Piloto e o outro no Jardim das Violetas. Este último irá substituir o poço do Palmito.

Com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), no valor de R$ 46,9 milhões, foi autorizada também o início das obras de ampliação do SES, com a implantação de estação de tratamento de esgoto, 278,62 quilômetros de rede coletora de esgoto, construção de oito estações elevatórias, linhas de recalque, 2.100 metros de coletor tronco e 600 m de emissário final. Foi autorizada também a elaboração de projeto básico e executivo de ampliação do sistema de esgotamento sanitário. O investimento é próprio, no valor de R$ 615,3 mil.

A terceira ordem de serviço foi para a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto Planalto/São João, no valor de R$ 10,4 milhões. Nessa obra, serão implantados 48,1 quilômetros de rede coletora de esgoto, 1.518 ligações domiciliares de esgoto, emissários, estação elevatória e outras obras complementares. Os recursos são próprios e financiados pelo Programa Saneamento para Todos.

O evento autorizando o início das obras foi realizada no auditório do Crase “Coração de Mãe”,  e contou também com a presença da vice-governadora Simone Tebet (PMDB), da prefeita Márcia Moura (PMDB), do deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), do ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, vereadores, prefeitos das cidades do Bolsão, entre outras autoridades.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13