Rádios On-line
PARALISAÇÃO

Greve nos bancos chega ao 19º dia e falta até envelope

Todas as agências bancárias de Três Lagoas estão fechadas desde o dia 6 de setembro

24 SET 2016 - 09h:04Por Kelly Martins

A paralisação dos bancários chega hoje ao 19º dia sem previsão de acabar, em todo o país, já que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e sindicatos não entraram em acordo sobre salários e benefícios dos trabalhadores em duas rodadas de negociação. Em Três Lagoas, todas as agências devem permanecer fechadas por tempo indeterminado, dizem líderes da categoria.

A situação tem gerado diversos problemas aos clientes. Falta até envelope para depósito em terminais eletrônicos. Alguns têm dificuldades para saques e, consequentemente, acumulam dívidas. “Está muito complicado. Precisei fazer um depósito e não consegui. Fui dois dias em duas agências e nenhuma delas tinha o envelope”, contou a comerciante Dalva Nunes.

Para o eletricista Jairo Costa, a greve tem gerado complicações para pagar boletos e faturas. “Desse jeito é difícil pagar as contas em dia. O banco não recebe um boleto atrasado e aí tem juros. Quem vai pagar esse prejuízo?”, indagou.  A vendedora Janaína Teles diz que o esposo está tentando há três dias fazer uma transferência bancária. “Não sabemos o motivo, mas nenhum terminal da agência que somos clientes está aceitando transferência. Isso só atrapalha a vida do trabalhador”, enfatizou. 

A proposta da Fenaban prevê 7% de reajuste e abono de R$ 3,3 mil. A categoria reivindica 14,78%, que seria a reposição do ano passado mais perdas salariais. 

No dia 20 deste mês, a Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul determinou a permanência de 30% do efetivo das agências de Três Lagoas e Corumbá. A presidente do sindicato em Três Lagoas, Telma Canisso, disse ontem que a entidade não foi notificada da decisão. 

Deixe seu Comentário