Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Greve nos Correios entra no quinto dia e acumula 60 mil correspondências

Paralisação afeta a Central de Distribuição de Três Lagoas e 60% dos carteiros aderiram à greve

26 SET 2017 - 09h:11Por Kelly Martins

A greve dos funcionários dos Correios entrou no quinto dia, nesta terça-feira (26), em Três Lagoas, e até o momento não há previsão de que o atendimento seja retomado. Nesse período mais de 60 mil cartas simples e unidades postais estão acumuladas, na Central de Distribuição da cidade, sem prazo para que os carteiros realizem a entrega completa. É o que informou o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios e Telégrafos de Mato Grosso do Sul (Sintect-MS).

O município conta com 35 funcionários que atuam como carteiros e, segundo o sindicato, 60% aderiram à greve na cidade. Outra questão é que o mesmo efetivo atende os municípios de Brasilândia, Santa Rita do Pardo e Água Clara, o que resulta em mais de 149 mil moradores. Por conta da paralisação, esses municípios estão sem entrega de correspondência.

Com o número de funcionários reduzido está complicado até mesmo retirar encomendas direto na Central de Distribuição de Três Lagoas. O efetivo que está trabalhando não consegue atender a demanda e, com isso, as pessoas que vão até lá podem não ser atendidas.

De acordo com o Sintect-MS, a greve dos Correios afeta 40 cidades em todo o estado. Além disso, as negociações em Brasília entre a Federação e a empresa não tem avançado.

Entre os motivos da greve estão o fechamento de agências por todo o país, falta de concurso público, redução no número de funcionários, além de mudanças no plano de saúde e suspensão das férias para todos os trabalhadores, exceto para aqueles que já estão com férias vencidas.

Deixe seu Comentário