Rádios On-line
nova estrela mobile
SAÚDE

Gripe matou mais de mil pessoas no Brasil no ano passado

Influenza é considerado o vírus mais importante da humanidade

25 MAR 2020 - 08h:06Por Gisele Mendes

Uma das doenças mais comuns do mundo é a gripe, que, anualmente, mata cerca de 650 mil pessoas no mundo devido a complicações respiratórias. Em 2019, o Brasil teve 1.109 óbitos decorrentes de síndrome respiratória aguda grave, por Influenza, ou gripe comum.

Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde no ano passado e mostram ainda que 54,6% das mortes foram de pacientes com mais de 60 anos, em segundo e terceiro lugares, aparecem as pessoas com doenças cardiovasculares crônicas e diabéticas.

Para maioria das pessoas, a gripe será apenas um incômodo e, dentro de uma semana, sintomas como febre, dores musculares e tosse desaparecerão. Contudo, anualmente, cinco milhões de indivíduos infectados pelo vírus da influenza terão complicações sérias e pelo menos 650 mil morrerão, conforme dados da OMS (Organização Mundial da Saúde).

A doença é de fácil prevenção: uma dose de vacina por ano protege, em média, 50% dos que foram imunizados. O restante, mesmo se for contaminado, sofrerá sintomas menos severos. Ainda assim, a cobertura de vacinação em todo o mundo está abaixo do recomendado pela OMS. No brasil, mesmo com a oferta gratuita da substância, a adesão do público-alvo à campanha ficou abaixo de 80% no ano passado.

A influenza é o quarto vírus mais importante da humanidade, atrás do HIV, Hepatite B e Hepatite C. Mas, na maior parte do tempo, as pessoas não acham que é uma doença importante.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13