Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Guerreiro quer reforçar trabalho na cidade com apoio de internos da Colônia Penal

Intenção é que internos ajudem nos trabalhos de jardinagem, cuidando de praças, canteiros e das lagoas

13 JAN 2017 - 17h:31Por Sérgio Colacino

O prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, recebeu o diretor da Colônia Penal do município, José Antonio Garcia Sales, e o diretor do setor de trabalho da unidade, Joaquim Machado da Silva, para falar sobre a ampliação do Termo de Cooperação entre a Prefeitura, Conselho de Comunidade, Poder Judiciário e a Colônia Penal. Atualmente, o município possui um Termo que garante a participação de 30 internos no trabalho de preservação e limpeza das áreas verdes da cidade, garantindo remuneração e remição da pena para os trabalhadores. “Nós temos reeducandos que já pagaram a pena, tiveram a liberdade concedida e continuam trabalhando nesse serviço na cidade”, disse Joaquim da Silva.

Guerreiro entende que é possível otimizar o trabalho do município com o apoio dos internos e, por isso, solicitou ao secretário de Administração, Gilmar Tabone, um aditivo ao Termo para ampliar em 25% a prestação de serviço de jardinagem, cuidando de praças, canteiros e das lagoas. Além disso, o chefe do executivo avalia a legalidade de formular um novo Termo de Cooperação para atender demandas de outros setores da cidade. “Podemos reforçar esse trabalho nas escolas, com pinturas e pequenas reformas nas unidades”, pondera Guerreiro.

O secretário de Administração, Gilmar Tabone, avalia também a possibilidade de inserir mulheres do semiaberto no projeto. 

Deixe seu Comentário