Rádios On-line
TRêS LAGOAS

H1N1 já matou cinco moradores neste ano

Até esta sexta-feira (31), 20 pessoas foram diagnosticadas com H1N1 e uma com o vírua H3N2 em Três Lagoas

2 JUN 2019 - 07h:30Por Tatiane Simon

De janeiro a maio deste ano, cinco moradores de Três Lagoas morreram vítimas de gripe Influenza A tipo H1N1. A última ocorrência foi no sábado (25 de maio) e a vítima era um homem de 80 anos, que estava internado no Hospital Auxiliadora.
De acordo com dados do Setor de Vigilância Epidemiológica, a primeira morte foi registrada no dia 24 de abril. A vítima era um homem de 48 anos. No domingo seguinte (28 de abril), um idoso de 83 faleceu no Hospital Auxiliadora. Em 6 de maio, um detento de 64 anos, que cumpria pena no Estabelecimento Penal de Segurança Média faleceu. A quarta morte ocorreu no dia seguinte e a vítima era uma mulher de 61 anos.

Até esta sexta-feira (31), 20 pessoas foram diagnosticadas com H1N1 e uma com o vírua H3N2 em Três Lagoas, segundo o órgão.

A principal forma de prevenção contra a gripe é através da vacinação. A campanha encerrou nesta sexta-feira (31).
O vírus H1N1 causa os mesmos sintomas das outras versões do vírus da gripe comum, que são febre alta, mal-estar, dores de cabeça, espirros constantes e tosse. Em alguns casos de H1N1, pode haver também dificuldade para respirar ou falta de ar. A Secretaria Municipal de Saúde alerta que, quando os sintomas aparecem, o ideal é procurar imediatamente um posto de saúde. 

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13