Rádios On-line
HOMICÍDIO

Homem morre após ser esfaqueado durante briga em suposta festa

Vizinhos teriam ouvido gritos "larga meu namorado" e encontrado a vítima na rua gritando por socorro

19 JUN 2021 - 21h:50Por Alfredo Neto

Um que não teve a identidade descoberta foi morto com três facadas na noite deste sábado (19) após uma briga em um “churrasco”  no bairro Jardim Primavera, zona Norte de Três Lagoas.

Por volta das 19:30 a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência de lesão corporal, com perfuração por faça. Ao chegar na rua Domingos Rimoli no bairro Jardim Primavera, os militares conversaram com um homem que havia prestado socorro a vítima.

Para os militares a testemunha disse que mora na região e que ele e a esposa teriam ouvidos na rua de trás de sua casa um pessoa discutindo em uma residência onde havia uma festa. Segundo a testemunha após ouvir gritos de mulher dizendo “larga meu namorado, larga meu namorado”, saiu e viu a vítima virando a esquina ensanguentada gritando por socorro.

Em choque ao ver o homem esfaqueado a testemunha pegou seu veículo e correu para o Hospital Auxiliadora com a vítima enquanto ligava para a PM, após deixar a vítima na emergência do Hospital Auxiliadora a testemunha retornou para sua casa onde recepcionou os militares e relatou todo o ocorrido e abriu sua casa para os policiais, para mostrar que não havia sinais de crime no local.

Após ouvir o homem que resgatou a vítima, os militares foram até a residência onde possivelmente teria ocorrido o esfaqueamento na rua Antoniel Cardoso da Cunha, mas não havia ninguém na residência e não havia ninguém nas proximidades para esclarecer os militares sobre quem residia no local, ou se teriam ouvido a desavença que resultou no esfaqueamento.

A VITIMA DE PELE MORENA APRESENTANDO TER ENTRE 20 E 30 ANOS, não portava documentos e celular, impossibilitando a identificação. Perguntado a funcionários do H.A se a vítima teria alguma tatuagem ou algo que pudesse facilitar a identificação, ninguém quis falar.

A vítima morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória devido o agravamento das facas, uma perfuração no lado direito do tórax e duas nas pernas, uma abaixo da nádega direita e outra na coxa esquerda.

A Polícia Civil foi notificada para fazer a identificação do corpo e um inquérito será instaurado para descobrir quem é o autor do homicídio e a motivação para o crime.

Deixe seu Comentário