Rádios On-line
SAúDE

Hospital Auxiliadora faz sexta captação de órgãos da história

Paciente doou rins e figado, em operação que contou com atuação da FAB

26 JUL 2019 - 15h:03Por Valdecir Cremon e Steffany Pincela

O Hospital Auxiliadora recebeu nesta sexta-feira uma equipe de médicos e uma enfermeira de Brasília (DF) e uma equipe de enfermagem de Campo Grande para captação de órgãos doados pela família de um paciente que teve morte cerebral decretada nesta quinta-feira (25). Foram extraídos fígado e rins na sexta extração da história realizada no hospital.

Os órgãos extraídos irão beneficiar três pacientes. O fígado foi encaminhado para o Hospital Brasília, na capital federal, e os rins para São Paulo (SP). Não foram divulgados nome do doador nem dos pacientes beneficiados.

Para o cirurgião Gabriel Oliveira Nunes Cajá, que realizou o procedimento, o envolvimento da equipe foi fundamental para a captação. “É uma logística que envolve a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante, que recebe a comunicação da Central Nacional, trabalha na logística para locomover a equipe. Recebemos a notícia no início da madrugada e fizemos o procedimento", disse.

Toda a equipe viajou em aeronave da FAB (Força Aérea Brasileira, que levantou voo no início da tarde.

Nunes seguiu para Brasília para realizar o transplante.  A cirurgiã Ana Virginia e a enfermeira Gislaine Aparecida Amaral de Albuquerque participaram da captação.

De acordo com a coordenadora de extração de órgãos do Hospital Auxiliadora, Daiane Alves, comissão ajudou no cumprimento de protocolo e no processo de doação. “Com a captação de hoje conseguimos tirar três pessoas da fila de transplante. É muito gratificante poder participar desse momento. A família do doador saiu mais aliviada porque pode ajudar mais pessoas”, explicou.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13