Rádios On-line
CASO COMPLICADO

Identificada cabeleireira acusada de matar vendedor a facada durante briga

Crime teria ocorrido após mulher intervir em briga de casal, na noite deste domingo, em Três Lagoas

21 MAI 2018 - 11h:46Por Valdecir Cremon

A cabeleireira Joice Espindola da Silva, de 35 anos, é a mulher que pode ter assassinado com uma facada no peito o vendedor Camilo Freitas da Silva na noite deste domingo (20), em um bairro da zona Norte de Três Lagoas. O nome dela aparece em um boletim de ocorrência da Polícia Militar, sobre o fato, junto ao de dois filhos, de 16 e de 18 anos. 

Joice teria intervido em uma briga de Camilo, de 28 anos, e a mulher dele, supostamente para interromper agressões que teriam começado pouco antes do homicídio, na residência do casal. O delegado Messias Pires, que coordena a investigação do caso, disse que a cabeleireira "não tinha nada a ver com a briga" e confirmou o envolvimento dos citados no boletim.

No carro de onde ela teria retirado a faca usada no crime ainda estariam um filho menor, de 11 anos, e uma idosa, que não aparecem no BO da PM. Uma imagem do boletim circula, sem identificação de origem, em redes sociais. A PM não confirmou se a imagem é real.

A reportagem falou com advogados contratados pela cabeleireira, que negociam a apresentação dela no 1º Distrito Policial da cidade no período da tarde. Nenhum parente de Camilo foi localizado para falar do assunto - o oitavo homicídio do ano em Três Lagoas. (Colaboraram André Barbosa e Stefany Pincela)

Deixe seu Comentário