Rádios On-line
9258
Nova Estrela 0603
TERRA VILLE
POLÍCIA

Idosa sepultada em casa pode ter sido espancada

Perícia encontrou sangue espalhado por cômodos da casa, o que sugere violência

12 JAN 2019 - 13h:40Por André Barbosa

A perícia da Polícia Civil encontrou vestígios de sangue em cômodos da casa em que o corpo de Helena Chagas Costa, de 76 anos, foi achado sepultado, no bairro Set Sul, em Três Lagoas. Com isso, o inquérito conduzido pelo delegado Marcílio Ferreira Leite, da 2ª Delegacia de Polícia e que já foi encaminhado ao Poder Judiciário, toma um novo rumo, com informações complementares, uma vez que a exumação da idosa, ocorrida em 22 de outubro de 2018, não teria apontado indícios de violência, confirmando a versão da filha,  a técnica em enfermagem, Cintya Chagas da Costa, de 42 anos, suspeita pelo crime, de que a mãe teria morrido de causas naturais, em 3 de outubro. 

O crime foi descoberto, após o Ministério Público denunciar Cintya por maus tratos contra a mãe. Ela  confessou que enterrou o corpo no quintal da frente da casa e o caso é tratado como  homicídio qualificado (ocultação de cadáver). "Estamos em investigações complementares e ainda estamos colhendo os frutos destes trabalhos. A perícia identificou vestígios de material que pode ser sangue, na residencia da vítima.

Encaminhamos para Campo Grande e, com o resultado desta análise, saberemos  se dona Helena morreu por causas naturais ou violência física", disse o delegado. 

Cintya está presa na cadeia feminina da cidade.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13