Rádios On-line

Incendiado quarto veículo no mês de março

Os outros foram registrados na primeira quinzena do mês

27 MAR 2013 - 08h:00Por Arthur Freire/JP

O delegado regional Vitor José Fernandes Lopes aguarda o laudo da Perícia Técnica de Três Lagoas realizado em uma Van (Mercedes Benz Sprinter), placas de Santa Bárbara do Oeste/SP, que foi incendiada, na madrugada de ontem, por volta da 1h, no Jardim Primaveril.  O documento pericial, segundo o delegado, é de suma importância para nortear as investigações, e, consequentemente, elucidar o caso. 

De acordo com Lopes, provavelmente este incêndio tenha sido criminoso uma vez que foram encontrados no veículo dois focos de incêndio, um deles no painel e o outro na parte inferior, próximo à mangueira de gasolina. Porém, ainda não há pistas sobre o criminoso.

O delegado regional trabalha com várias possibilidades em sua investigação. Segundo ele, o que ocorreu pode ser um ato de vandalismo, um incêndio ligado a outros casos registrados na cidade, no início deste mês, e até mesmo uma ação orquestrada por facções criminosas. 

De acordo com o delegado, o dono da Van será intimado para prestar depoimentos, mas isso leva tempo uma vez que ele é morador do estado de São Paulo. “Estamos apurando todas as possibilidades com o intuito de esclarecer esse incêndio”, disse Lopes.

INCÊNDIO
A Van com placas de Santa Bárbara do Oeste/SP, estacionada na rua Sabino José da Costa há alguns dias, foi incendiada na madrugada de ontem, por volta da 1h, no bairro Jardim Primaveril. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a equipe foi chamada por vizinhos para atender à ocorrência. Para conter as chamas, os bombeiros utilizaram cerca de 500 litros de água. A Polícia Militar e a Perícia Técnica também compareceram ao local.

Entretanto, este não foi o primeiro incêndio do mês. Outros três incêndios foram registrados na primeira quinzena de março. Um deles ocorreu uma loja de material de construção, no bairro Jardim Eldorado, na noite do último dia 9. Cerca de 40 tubos de cano foram queimados. Esse caso, de acordo com a Polícia Civil, foi criminoso, pois no local os peritos encontraram vestígios de coquetel molotov – arma química incendiária com o uso de gasolina.

O outro incêndio foi registrado na mesma noite, em uma borracharia situada na rua Maria Guilhermina Esteves, no Santa Terezinha. O fogo atingiu uma área de aproximadamente 25 metros. Os bombeiros utilizaram cerca de dois mil litros de água para controlar as chamas.

Já o terceiro caso aconteceu por volta das 3h, do último dia 10, no Centro. O carro estava estacionado na frente da casa quando pegou fogo. O incêndio teria se iniciado na parte da frente do veículo. As causas, no entanto, ainda são apuradas em um trabalho conjunto entre a perícia de Três Lagoas e técnicos da concessionária do veículo. O Corpo de Bombeiros foi chamado para controlar o fogo.

Tanto o incêndio da Van quanto o da borracharia, no bairro Santa Terezinha, e o veículo, incendiado, no Centro, estão sendo investigados pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Em todo o Estado, foram registrados, apenas neste mês, mais de 20 incêndios criminosos. Desse total, a maioria em Campo Grande. Na semana passada, um andarilho foi preso acusado de ser o autor de 19 ataques na capital, porém, ele confessou apenas dez deles.

O incêndio em Três Lagoas foi o terceiro registrado em todo o Estado desde o fim de semana.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13