Rádios On-line
CBN LIVE EUGENIO MUSSAK

Índice de infestação da dengue continua alto em Três Lagoas

O índice geral em Três Lagoas é de 2.1%, o que representa situação de alerta

8 MAI 2013 - 09h:19Por Arthur Freire/JP

O resultado do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti (Lira), divulgado ontem pela Secretaria Municipal de Saúde, aponta que, com exceção do Jardim Maristela, todas as demais microáreas de Três Lagoas estão com o índice de infestação predial e de depósitos do mosquito transmissor da dengue acima do recomendado pelo Ministério da Saúde.

O índice geral em Três Lagoas é de 2.1%, o que representa situação de alerta. O recomendado pelo Ministério da Saúde é abaixo de 1%. De 1 % a 3,9%, o índice representa situação de alerta. Acima de 3,9%, há risco de surto. Nesse novo levantamento, houve uma diminuição em comparação ao último Lira, que apontou índice de 10.3% no bairro Santa Luzia.

Entretanto, o índice em algumas regiões da cidade ainda é alto. Conforme a Secretaria de Saúde, no Lira divulgado ontem, a microárea do bairro Nossa Senhora das Graças foi a que teve um índice maior, de 3.5%. A Vila Piloto aparece em segundo, com 3.1%, seguida pela área que compreende os bairros Santa Luzia, Santa Terezinha e Vila Haro, com índice de 1.9%.

Na sequência, com 1.7%,  aparecem os bairros Interlagos, Santo André, Paranapungá e Oiti. Já Vila Nova, JK, Vila Alegre e Distrito Industrial apresentaram um índice de infestação de 1.3%. A região do Maristela foi a única que apresentou índice de infestação do mosquito considerado satisfatório, de 0.6%.

De acordo com o coordenador do setor de Endemias, José Carlos dos Santos Coelho, a Secretaria de Saúde já iniciou o trabalho pós-Lira. Ele informou que seis máquinas de UBV pesada (fumacê) estão sendo utilizadas em toda a cidade no combate ao mosquito da dengue. Na área central, o trabalho é executado com as máquinas costais.

Do início do ano até agora, a Secretaria de Saúde já registrou 5.737 casos notificados de dengue em Três Lagoas.

Deixe seu Comentário

RCN LIVE EUGENIO MUSSAK

TVC Canal 13