Rádios On-line
11588
Nova Estrela 0603
SAúDE

Instituto Butantan envia 50 mil doses de vacina contra a gripe e campanha tem corrida

Pessoas que ficaram de fora da primeira fase lotaram postos de saúde, ontem; estoque é suficiente para 100% da população

9 JUN 2019 - 08h:21Por Tatiane Simon

Três Lagoas vai recebeu 50 mil doses de vacina contra a gripe, que serão enviadas pelo Instituto Butantan, de São Paulo. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (7) pelo prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB). Com isso, a cidade alcança estoque de 85 doses da vacina, que serão destinadas à população em geral que não pôde receber a imunização durante abril e maio, durante a campanha nacional. A vacina imuniza contra dois tipos do vírus Influenza A, o H1N1 e H3N2, e também contra o vírus Influenza B.

Segundo Guerreiro, as doses chegaram ontem em Três Lagoas e o Setor de Imunização, ligado à Secretaria Municipal de Saúde, iniciou o repasse às unidades de saúde. O novo lote de vacinas estará disponível para a população a partir de segunda-feira (10). 

De acordo com Guerreiro, as doses vieram  do Instituto Butantan, que é o fabricante da vacina no Brasil e fornecedor do Ministério da Saúde. “A secretária de Saúde [Angelina Zuque] encaminhou ao instituto as solicitações de repasses da vacina para o município”, disse.

EM ALERTA

No início desta semana, Três Lagoas recebeu 35 mil doses da vacina da Secretaria estadual de Saúde, após encaminhamento pelo Ministério da Saúde e reiniciou a vacinação. O envio ocorreu devido a cidade ter atingido a meta de vacinação do público-alvo durante o período da campanha e também por conta da elevada quantidade de casos confirmados de vítimas de gripe H1N1 - no Estado, um dos municípios com maior número de casos positivos da doença, neste ano.

De janeiro até esta semana, 27 casos de H1N1 e um de H3N2 foram registrados no município, segundo a secretaria estadual. Também de acordo com a pasta, cinco pessoas morreram neste ano na cidade. A liberação para a população geral iniciou na quarta-feira (5). 

SEM TUMULTO

Apesar de, agora, haver estoque suficiente para atender a parte da população que não faz parte dos grupos prioritários, muita gente foi aos postos de saúde, nesta sexta, para se vacinar. Guerreiro disse que não é preciso pressa. “Com a quantidade de vacina que temos poderemos vacinar todo o restante da população. Basta ficar atento ao funcionamento do posto do bairro e se programar”, orienta. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13