Definir Três Lagoas como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8663
Prefeitura Animais Peçonhentos
PERTURBAÇÃO

Moradora denuncia posto de combustíveis por aceitar clientes em carros com som alto

Veículos estariam em pátio do estabelecimento comercial, reproduzindo músicas durante as madrugadas

5 DEZ 2017 - 09h:08Por André Barbosa

Uma moradora de 21 anos deve acionar criminalmente um posto de revenda de combustíveis que fica na avenida Olinto Mancini, entre os bairros Centro e Vila Angélica em Três Lagoas. A mulher afirmou em ocorrência policial registrada à meia-noite de ontem (4), não aguentar mais reclamar com a direção do estabelecimento comercial, sobre a permanência de carros com equipamentos de som em volume alto, no pátio do local, durante as madrugadas.

O caso é tratado como perturbação de sossego e está em investigação pela 2ª Delegacia de Polícia. 

Segundo a jovem, a primeira ocorrência foi registrada há cerca de dois meses, na 2º DP. Entretanto, o problema persistiu, mesmo depois de um acordo com a gerência do estabelecimento, durante uma audiência de conciliação no Juizado Especial Cívil.

Na ocasião, ficou acordado entre ela e a gerência do posto, de que toda vez que qualquer veículo parasse no local e ligasse o som em volume inadequado, perturbando o sossego, ela poderia ligar para o estabelecimento e assim o problema seria sanado imediatamente.

Mas, segundo o registro policial, não foi o que aconteceu. No último final de semana, carros permaneceram no local até os términos das madrugadas e, novamente com som alto, causando transtornos à vizinhança. A jovem disse aos policiais que ainda reclamou e que a gerente do posto não atendeu à solicitação, descumprindo assim a transação realizada anteriormente.

A vítima informou que vai representar criminalmente contra o estabelecimento, já que, segundo ela, a permanência dos carros com som alto no local se dá em razão da loja de conveniência de bebidas.

 

Multas

Um tipo de autuação que vem ganhando destaque em Três Lagoas é a multa por som alto dentro de automóveis. Em um balanço da Polícia Militar, entre os meses de janeiro e setembro deste ano, 22 proprietários de veículos foram autuados, após denúncias e flagrantes de  poluição sonora. A infração é considerada grave, com cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e penalidade de R$ 195,23, além da retenção do carro.

Durante as abordagens, dois veículos foram apreendidos pelos policiais. Nesses casos, como determina o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a equipe vai até o local com um equipamento que realiza a medição do volume em decibéis, chamado decibilímetro.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864