Rádios On-line
8992
CONDENADOS!

Júri aplica pena máxima a acusado de matar carpinteiro. Imagens fortes

Julgamento realizado no Fórum de Três Lagos terminou na madrugada de hoje

10 OUT 2019 - 05h:17Por Valdecir Cremon

Terminou na madrugada de hoje o julgamento de Cristhian Lucas Tomanzini e Alexandre Henrique Mendes, acusados pela morte de Alex de Lima Ferreira e pela tentativa de homicídio de um homem de 35 anos, em novembro de 2016, em Três Lagoas. Durante o júri, uma testemunha foi presa em flagrante por ter mentido, segundo o juiz Rodrigo Pedrini Marcos, da 1ª Vara Criminal.

Afonso Alves de Queiroz teria mentido durante depoimento para favorecer os acusados. Ele foi levado do Fórum para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário pela Polícia Militar. 

Cristhian  Tomanzini foi condenado a 18 anos e oito meses de prisão em regime fechado e Alexandre Mendes a 13 anos e quatro meses em regime semiaberto, com direito de recurso.  O júri foi composto por quatro mulheres e três homens

Segundo o processo, o carpinteiro Alex Ferreira foi morto com 12 tiros - sendo quatro no rosto e o restante pelas costas - no bairro Santa Rita, quando visitava um parente. Cristhian e Alexandre teriam chegado na casa e atirado na vítima, na varanda. Ele tinha passagens pela polícia por porte de arma, roubo e homicídio.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13