Rádios On-line
INVESTIGAÇÃO

Laudo aponta mau tempo para queda de aeronave

Peritos não encontraram falhas mecânicas em avião que caiu em Brasilândia

2 NOV 2018 - 11h:00Por André Barbosa

A Polícia Civil de Brasilândia ainda não concluiu o inquérito que apura as causas da queda de um avião monomotor, que matou  o pecuarista  Danilo Carromeu Domingues, de Presidente Prudente (SP), em 27 de fevereiro deste ano, em uma propriedade rural distante 60 km de Três Lagoas.

Entretanto, o delegado que investiga o caso, Thiago Passos, revelou que o laudo técnico não apontou problemas mecânicos na aeronave e também que Danilo - piloto do avião - não teve nenhum indício de mal-estar. "Estava tudo certo com o piloto, inclusive, com seus documentos. A aeronave tinha sido revisada recentemente e dentro do prazo. Tudo indica que a queda do aparelho tenha sido causada pelo mau tempo na região", disse.

Para confirmar a suspeita e finalizar as investigações, o delegado aguarda o resultado da telemetria de voo pela aeronáutica e para tanto, solicitou prorrogação prazo do inquérito. 
Os destroços do avião continuam na delegacia de Brasilândia. Danilo seguia para Rio Verde (MS) quando o avião perdeu sustentação e caiu em parafuso, pegando fogo no chão. 

Deixe seu Comentário