Rádios On-line
8932
FASE FINAL

Laudo confirma morte de Cacau por ferimento no pescoço

Comerciante foi atingido por hélice de lancha, no rio Paraná, dia 12 de outubro

12 NOV 2019 - 15h:18Por Valdecir Cremon

Um laudo assinado pelo perito criminal Delso do Nascimento, do Instituto de Criminalística de Três Lagoas, aponta um ferimento no pescoço como a causa da morte do comerciante Antônio Carlos Alástico, dia 12 de outubro, durante uma pescaria com a família, no rio Paraná. O documento foi entregue à Polícia Civil, nesta semana, e direciona o inquérito para conclusão, segundo o delegado Rodrigo Sperancin.

O JPNews antecipou a conclusão da perícia no dia 15 de outubro.

Antônio Carlos, conhecido por Cacau do Espetinho, de 46 anos, teria caído de uma lancha ao tentar apanhar um boné. Na queda, foi atingido pela hélice, segundo o laudo. O corpo dele foi encontrado três dias depois, por bombeiros, próximo ao local do acidente.

O relato da queda foi feito a amigos pela mulher dele, Érica Pimenta, no dia e, depois, em depoimento. "Ela era a única maior [de idade] no local do acidente e contou que houve a queda", disse Sperancin. Uma filha do casal, de 8 anos, também estava na lancha.

O delegado aguarda apenas a emissão de um laudo do local do acidente e uma vistoria na lancha, que também serão feitos pelo instituto, para enviar o inquérito ao Ministério Público. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13