Rádios On-line
PRIMEIRA SEMANA

Lei do farol baixo multa 102 motoristas em Três Lagoas

A nova lei entrou em vigor no dia 8 de julho e atinge motoristas na BR-262

16 JUL 2016 - 13h:01Por Kelly Martins

Em Três Lagoas, 102 motoristas foram multados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na primeira semana de vigência da lei que obriga os veículos a circular com o farol baixo aceso em rodovias. O número corresponde a 12 autuações por dia e demonstra que muitos motoristas, segundo a polícia, ainda estão desatentos com a nova legislação. 

A fiscalização atinge diretamente condutores que trafegam pela rodovia BR-262 que, no trecho urbano, vira avenida Ranulpho Marques Leal no perímetro entre o bairro Vila Maria, na zona Sul, e a ligação com a passagem pela usina hidrelétrica Jupiá, na zona Leste da cidade, com percurso de 6,2 quilômetros. 

As autuações também ocorreram em trecho da rodovia que liga Três Lagoas ao município de Água Clara, de acordo com a PRF. As multas foram aplicadas entre o último dia 9, data em que passou a valer a lei, até esta sexta-feira (15).  O valor da multa é de R$ 85,13 e o condutor tem anotado quatro pontos na carteira de habilitação. Levantamento da PRF aponta que, em todo o estado, mais de 500 motoristas foram flagrados com as luzes apagadas nas estradas federais.

ORIENTAÇÃO
Os policiais rodoviários federais alertam que o período de tolerância da lei apenas como aviso aos motoristas durou 45 dias. Frisa ainda que a nova norma é simples, mas tem gerado confusão aos motoristas em relação a qual luz o condutor deve deixar ligada. Pela lei o farol baixo não pode ser substituído por farol de milha, farol de neblina ou farolete.

 A Polícia Rodoviária Federal explica que o farol baixo também não pode ser confundido com a lanterna ou luz de posição. Outro ponto é que o uso simultâneo do farol baixo e do farol de neblina não é considerado infração de trânsito. A Polícia Militar Rodoviária  também está fiscalizando as rodovias estaduais.

Deixe seu Comentário