Rádios On-line
INTEGRAÇÃO

Lideranças criam associação para o desenvolvimento da Costa Leste

15 DEZ 2018 - 10h:00Por Ana Cristina Santos

Lideranças de diversos setores públicos e privados de Três Lagoas e dos municípios da Costa Leste, criaram uma associação para o desenvolvimento regional. Nesta semana, na sede do Sebrae de Três Lagoas,  foi fundada a Associação Integra Costa Leste .

A associação foi criada a partir dos trabalhos do projeto Lider (Liderança Para o Desenvolvimento Regional) Costa Leste, lançado pelo Sebrae, em fevereiro de 2017. O programa visa estimular o desenvolvimento econômico e sustentável, mantendo a convergência entre políticas públicas municipais, estaduais e nacionais, voltadas ao empreendedorismo.

Durante as reuniões do programa líder foram identificados eixos de evolução econômica na região com a participação de líderes da iniciativa privada, de entidades não lucrativas e autoridades de 11 municípios da Costa Leste.  

COMPROMISSOS
Além da fundação da associação, os integrantes do projeto ainda participaram do Fórum de Monitoramento dos Compromissos Regionais, para avaliar o andamento das ações propostas no Plano de Desenvolvimento Regional lançado em junho, que trabalha quatro eixos prioritários para promover o desenvolvimento da Costa Leste nos próximos anos: educação, saúde, turismo e dinamismo econômico.

A partir de agora, de acordo com o consultor do Sebrae, Cláudio Veras , os trabalhos serão geridos pela associação, que organizará e articulará apoiadores para realizar as propostas. O Sebrae, no entanto, continuará apoiando o movimento como instituição parceira.

O presidente da associação, Alberto Pio, disse que a ideia é trabalhar os eixos e, até 2030 implementar ações  para o desenvolvimento dos  11 municípios que integram a Costa Leste. A partir de fevereiro, segundo Alberto, terá início um trabalho itinerante nesses municípios  para a divulgação do plano de ação.

De acordo com a gerente regional do Sebrae de Três Lagoas, Josi Signore, a associação continuará sendo monitorada. “O Sebrae tem consultoria que continua monitorando o plano, implementando ações e buscando instituições para apoiar o programa que será desenvolvido até 2030. Temos várias etapas a serem cumpridas. As ações serão desenvolvidas conforme as demandas. Temos ações para curto, médio e longo prazo”, destacou a gerente regional do Sebrae.

Deixe seu Comentário