Rádios On-line
SHOW DE PRÊMIOS TONHÃO
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
CRIME

Linhas com cerol e 'chilena' deixam quatro vítimas em Três Lagoas

Quem for flagrado soltando pipa com os produtos pode ser preso em Três Lagoas

28 JUN 2020 - 09h:00Por Kelly Martins

Linhas de pipa com cerol ou a linha chilena parecem ser encontradas facilmente em Três Lagoas. O material perigoso é feito com caco de vidro, cola de sapateiro e deixou quatro pessoas feridas na cidade. O dado se refere às ocorrências registradas entre os meses de abril e junho, envolvendo duas crianças e dois adolescentes. Eles foram atingidos pelas linhas com cerol quando brincavam. Situação preocupante, já que diante das circunstâncias atuais da pandemia do coronavírus, crianças e adolescentes estão por mais tempo em casa ou mesmo brincando na rua. Soltar pipa com cerol é proibido por lei, mas parece comum em muitos bairros.

DENÚNCIA 
Moradores, que preferem manter a identificação em sigilo, denunciam sobre o uso da linha chinela. O material é resistente e tem poder de corte quatro vezes maior que uma linha de algodão com cerol feito de vidro. Isso porque o cerol chileno é feito com uma mistura de quartzo e óxido de alumínio. 

CRIME E MULTA
O 2º Batalhão da Polícia Militar informou que não registrou ocorrência sobre esse crime na cidade. No entanto, quem for flagrado usando linha com cerol pode ser preso em flagrante e responder por lesão corporal. A cidade conta ainda com uma lei que proíbe a fabricação, venda e utilização de linhas e materiais cortantes usados para pipas. 

O responsável ainda fica sujeito ao pagamento de multa, que varia de R$ 100 reais a R$ 1,5 mil. A polícia recomenda que a prática de soltar pipa seja realizada em locais onde não haja rede elétrica, nem vias de tráfego, para evitar que aconteçam acidentes. 

Deixe seu Comentário

Mailson Interna RCN

TVC Canal 13