Rádios On-line
EXCLUSIVO

Maika Nunes nega planejar atentado contra promotora e busca pelos filhos

Ela perdeu a guarda dos três filhos, no ano passado, sob acusação de mau comportamento diante das crianças

21 MAR 2019 - 18h:30Por Kelly Martins

Quase um ano depois de ter sido presa ao se tornar suspeita de planejar um suposto atentado contra um membro do Ministério Público de Três Lagoas, a jovem blogueira Maika Luzia Gomes Romão de Almeida, mais conhecida como Maika Nunes, de 22 anos, falou pela primeira vez sobre o assunto, em entrevista exclusiva à equipe de reportagem. Ela, que perdeu a guarda dos três filhos, no ano passado, sob acusação de mau comportamento diante das crianças, também foi alvo de uma operação por suposta ligação com o tráfico de drogas.

“Eu quero os meus filhos de volta e vou provar que não tenho nenhum envolvimento. Sempre cuidei muito bem deles [filhos] e nunca houve motivo para tirá-los de mim”, declarou Maika. Após uma denúncia do Ministério Público Estadual, a 1ª Vara Criminal de Três Lagoas determinou o recolhimento das crianças, em 2018. Elas foram para a Casa de Abrigo e já teriam sido adotadas.

Maika fez várias publicações nas redes sociais como forma de protesto e acabou presa em 12 de maio do ano passado suspeita de planejar um suposto atentato contra a promotora Ana Cristina Carneiro, que na época atuava na Promotoria da Infância e Juventude. Passou 30 dias na prisão e ganhou a liberdade por meio de Habeas Corpus. A questão resultou em uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que culminou ainda em uma operação, em Três Lagoas, denominada Themis. O objetivo foi combater o tráfico de drogas e com suposto envolvimento de Maika.

A entrevista foi realizada nos estúdios da TVC-Canal 13.1  e a reportagem será exibida nesta sexta-feira (22), no programa RCN Notícias (também pela Rádio Cultura FM 106,5 MHZ) à partir de 6h30, como no telejornal TVC Agora, às 11h30.

Deixe seu Comentário