Rádios On-line
FALTA DE MANUTENÇÃO

Maioria das câmeras de monitoramento continua sem funcionar

Comandante compareceu ao Legislativo de Três Lagoas para prestar esclarecimentos sobre o problema

7 MAR 2017 - 10h:35Por Ana Cristina Santos

Mais da metade das câmeras de monitoramento instaladas em diversos pontos de Três Lagoas continuam sem funcionar. O problema ocorre há alguns meses e segue sem previsão para resolvê-lo.

O comandante da Polícia Militar da cidade, tenente-coronel James Magno de Morais, esteve na sessão da Câmara de Três Lagoas nesta segunda-feira (6) para prestar esclarecimentos aos vereadores sobre o motivo pelo qual a maioria das câmeras não funciona.

Morais compareceu ao Legislativo após requerimento apresentado pela vereadora Sirlene da Saúde (PSDB), que pediu esclarecimentos ao comando do 2º Batalhão da Polícia Militar.

Desde que venceu o contrato com a empresa que fazia a manutenção dessas câmeras, no ano passado, o serviço está sem manutenção. O contrato era de uma empresa especializada com a prefeitura.

O comandante informou que, desde junho de 2015, um mês antes de o sistema entrar em funcionamento, foi solicitado um recurso mensal da Secretaria Estadual de Segurança Pública para a manutenção. No entanto, até hoje não obteve resposta.

Segundo o comandante, das 36 câmeras, apenas 14 funcionam perfeitamente. As demais, oito estão com defeito e necessitam de peças de reposição e 12 funcionam parcialmente, dependem de manutenção constante.

As câmeras foram instaladas em junho de 2015 para contribuir com a segurança pública e ajudar na redução da criminalidade. O investimento foi de R$ 1,2 milhão, fruto de convênio firmado entre o município e a Petrobras, e faz parte das ações mitigadoras devido à instalação da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados 3 (UFN 3).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13