Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Materiais cortantes no lixo deixam 30 trabalhadores feridos durante coleta

Campanha é para conscientizar o morador, que precisa fazer o descarte de forma correta

6 DEZ 2019 - 11h:19Por Kelly Martins

O número de acidentes de trabalho durante coleta seletiva de lixo tem aumentado, em Três Lagoas, a cada ano. Entre 2018 e 2019, por exemplo, 30 trabalhadores ficaram feridos e foram atendidos em hospitais, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com cortes nas mãos, braços e pernas. Isso porque muitos moradores descartam de forma incorreta objetos cortantes sem se preocupar com a segurança dos coletores.

Copos de vidro, lâminas de barbear, latinhas, agulhas, lâmpadas, latas de condimentos serrilhadas, lascas de madeiras, espetos ou palitos, estão entre os materiais encontrados nos lixos residenciais. Para promover a conscientização dos moradores, a Vigilância Municipal em Saúde do Trabalhador realiza uma campanha na cidade. A coordenadora Maria Aparecida de Oliveira explica que o objetivo é fazer com que o descarte destes resíduos seja feito corretamente para que diminua os acidentes registrados pelos garis e pelos trabalhadores do setor de reciclagem.

Confira a reportagem abaixo:

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13