Rádios On-line
8090
TERRA VILLE
VIOLêNCIA

‘Meu marido foi agredido ao proteger o sobrinho’, diz refém de assaltantes

Família ficou sob a mira de revólveres durante assalto à residência no Parque Industrial

10 JAN 2018 - 13h:32Por André Barbosa

“Ainda não caiu a ficha. Não dá para acreditar no que aconteceu”, disse a mulher de 68 anos, que, juntamente com o esposo, filha e dois sobrinhos, foi feita refém de dois assaltantes, na manhã desta quarta-feira (10), em uma residência no Parque Industrial em Três Lagoas. O marido da vítima, de 68 anos, foi agredido pelos criminosos que também mataram dois cachorros, momentos antes e levaram dinheiro, o carro da família e objetos de valor da casa. Uma terceira pessoa estaria envolvida na ocorrência, passando informações pelo celular.

Apenas o carro foi recuperado até o momento, segundo a Polícia Militar. A idosa contou que foi a primeira ser rendida pelos bandidos. Ela gritou. O marido correu para ver o que era e também foi rendido pela dupla que estava armada. A filha e um sobrinho do casal, de férias na cidade, foram colocados dentro de um dos quartos da casa. “Eles estavam a procuram de um cofre. E ligaram para um possível comparsa, dizendo que não encontraram cofre algum e que esta terceira pessoa teria dito para eles, que havia um cofre na casa”.

Ainda segundo a idosa, após alguns minutos, o segundo sobrinho do casal que dormia em um dos quartos e passou desapercebido, acordou e abriu a porta. Um dos criminosos avançou em direção ao menino, quando o marido interveio e acabou levando um tapa na cabeça. “Ficamos com muito medo e muito abalados. O pessoal do trabalho do meu marido começou a ligar, para saber aonde ele estava, devido ao horário e eles mandaram atender e mentir que tinha saído para o hospital. Ninguém desconfiou”.

A dupla usou veneno para matar os dois cachorros Os dois cães, carinhosamente chamados de Lobão e Bolota, estavam há anos com a família. “Muito triste. O Lobão está conosco há quatro anos e a bolota há um. Três Lagoas está muito violenta, não dá mais para viver aqui”, disse a vítima.

A família foi feita refém por cerca de uma hora. Os bandidos usaram o carro da família para fugir e, posteriormente, abandonaram o veículo no bairro Alvorada.

 

Segunda vez

Segundo a idosa, esta é a segunda vez que ladrões abordam a família. Em outubro de 2017, dois homens supostamente armados renderam o casal no portão da residência. O cachorro Lobão mordeu a perna de um dos suspeitos. Eles chegaram a entrar na residência, mas o alarme disparou e a dupla fugiu em seguida, sem levar nada.

 

 

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
CULTURA
7201