Rádios On-line
INICIATIVA PRIVADA

Ministério autoriza 29 empresas fazer estudos para concessão da BR-262

Objetivo da concessão é duplicar a ligação de Campo Grande, até Três Lagoas, na divisa com São Paulo

22 FEV 2016 - 18h:50Por Ana Cristina Santos

O Ministério dos Transportes autorizou 29 empresas fazer o estudo para a concessão da BR-262, no trecho que liga Três Lagoas a Campo Grande, à iniciativa privada. As empresas têm até o dia 8 de julho para entregar os estudos.  

O objetivo da concessão é duplicar a ligação de Campo Grande, até Três Lagoas, na divisa com São Paulo, e reduzir custos para o escoamento da produção. Depois que as empresas entregarem os levantamentos, a próxima etapa, segundo o Ministério dos Transportes, será a de submeter os estudos em audiências públicas para conhecimento da sociedade e receber sugestões para aprimoramento do projeto.

Após essa fase, esses estudos serão submetidos à apreciação do Tribunal de Contas da União (TCU), junto com documentação, que inclui a minuta do edital de licitação. Depois de aprovados pelo TCU, o edital poderá ser lançado com data para o leilão do trecho para concessão à iniciativa privada.

Ainda de acordo com o Ministério dos Transportes, o leilão está previsto para ser realizado ainda neste ano, porém não tem data marcada. O trecho de 327 quilômetros, compreendido entre Três Lagoas a Campo Grande, prevê investimento de R$ 2,5 bilhões.

A duplicação deste trecho da rodovia é um anseio antigo dos condutores que trafegam com frequência por esta via.

Deixe seu Comentário