Rádios On-line
LEILÃO

Ministério da Justiça e Segurança Pública leiloa veículos apreendidos do tráfico

O Leilão está aberto até o dia 30 de setembro, com lances a partir de R$150 reais

28 SET 2020 - 08h:00Por Da redação/Israel Espíndola

 O Leilão está aberto até o dia 30 de setembro, com lances a partir de R$150 reais. Estado já arrecadou R$ 392,510  mil com venda de 42 itens confiscados de traficantes

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senad/MJSP) realiza o 5° leilão do patrimônio apreendido do tráfico de drogas no Mato Grosso do Sul. Estão disponíveis 14 lotes com carros, caminhões, semi-reboque e motocicletas em bom estado de conservação, com lances a partir de R$150 reais.

Os arrematantes ficam isentos de eventuais encargos anteriores à aquisição dos veículos. Interessados neste leilão devem efetuar o cadastro no site: http://leiloesjudiciais.com.br/externo/lotes/26764

Nos quatro últimos leilões realizados no Estado, a venda de 42 itens resultou na arrecadação de aproximadamente R$392,510 mil. O recurso vai para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad), que financia políticas públicas de prevenção e de combate a entorpecentes, e até 40% do montante adquirido nos leilões é  destinado às polícias que apreendem os bens.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública tem atuado para esvaziar os pátios policiais que acumularam milhares de itens apreendidos ao longo do tempo em todo o país, ocasionando a sua deterioração e perda do valor econômico dos bens. Em 2018 foram realizados somente 5 leilões. Para avançar nesse sentido, a Senad cadastrou leiloeiros em todos Estados e no Distrito Federal, para agilizar a venda desse patrimônio e evitar gastos com a sua manutenção. Desde outubro de 2019 já foram realizados 80 leilões.

Até o final do ano, novos leilões para o arremate de mil 387 itens, entre imóveis, veículos, eletrônicos, relógios e itens diversos. As datas serão anunciadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Este ano, o Funad já arrecadou mais de R$100 milhões com a venda de bens apreendidos do tráfico de drogas e de crimes de corrupção. Desse montante, R$ 62 milhões são provenientes da venda de moedas estrangeiras e R$ 19,8 milhões da venda de patrimônio apreendido de traficantes.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13