Rádios On-line

Misto contrata meia e se prepara para o Aquidauanense

Com um jogador a mais na lista de opções, equipe do Carcará busca vitória em casa

23 JAN 2013 - 07h:56Por Arthur Freire/JP

Os atletas retornaram na segunda-feira para Três Lagoas, depois do empate em Maracaju contra o time da casa, mas se engana quem pensa que o time teve descanso. Na manhã de ontem, os comandados pelo técnico João Francisco Marçal já estavam no gramado novamente, treinando para enfrentar o Aquidauanense.

A responsabilidade promete ser maior. Afinal, os jogadores farão uma nova estreia no Estadual, desta vez, jogando em casa, perante a torcida do Carcará da Fronteira. Os treinos aconteceram no estádio do Madrugadão, onde acontece a disputa de hoje, às 20h, e tiveram uma novidade.

No gramado, mais um jogador. A contratação do meia Bruno Santa Rosa, 26 anos, aconteceu no fim de semana e o jogador chegou ontem ao município. Bruno, que já vestiu a camisa do Carcará da Fronteira no passado, estava treinando no Guarani Futebol Clube de São Paulo. Ele garantiu que está preparado tanto físico quanto tecnicamente para entrar em campo. “Acredito que posso trazer mais velocidade ao time e colaborar com os meus companheiros”, disse.

No entanto, a chance de ver o jogador jogando hoje é praticamente nula por conta da necessidade de regularização de toda documentação necessária. O meia estava treinando no Guarani Futebol Clube de São Paulo. A base do atleta foi o futebol europeu, onde ficou por três anos, jogando em times como o Espanhol e outros. Depois voltou para se profissionalizar na região Sul do País.

TOM
A disputa em casa poderá ter gosto de estreia para o atacante Tom. Contratado pelo Carcará da Fronteira na semana passadao atacante de 30 anos ainda aguarda a chance de entrar em campo. Ele não pode jogar na disputa contra o Maracaju por questões burocráticas (o jogador aguarda a regularização dos documentos necessários junto à Federação de Futebol).

“Estou treinando há uma semana e ainda não consegui jogar.Treino é uma coisa, jogo é outra. Não conseguirei pegar ritmo de jogo assim”, declarou.

O atleta, que foi artilheiro por dois estaduais e campeão estadual pelo Novopoerário em 2012, na série B, completa dizendo que espera fazer valer a sua contratação para a torcida do Misto. “A expectativa é muito grande de poder mostrar meu trabalho, poder fazer a diferença. Vim para cá para fazer história”, finalizou.

O PROFESSOR
Foi o “ritmo de jogo” citado pelo atacante Tom, que estaria faltando para a equipe do Carcará da Fronteira, na avaliação do técnico João Francisco Marçal sobre o primeiro jogo da equipe. De acordo com ele, os jogadores conseguiram fazer um bom primeiro tempo, mas, já no segundo, foram perdendo ritmo. “O que é natural, pela falta de ritmo de jogo. Isto, acredito que os jogadores vão adquirindo com mais duas ou três partidas”, pontuou.

Na avaliação geral, o professor disse que a equipe não ficou aquém da expectativa. Porém,a intenção é fazer um jogo melhor nesta quarta-feira. “Nossa expectativa é das melhores para este jogo. Falta muita coisa. Mas, já tivemos algumas melhoras também. Possivelmente, mostraremos um pouco mais de ajuste. Espero que à medida que os jogos forem acontecendo, paralelo aos treinamentos, consigamos dar um padrão igual ou superior ao do ano passado”, disse.

Referente à disputa dessa noite, Marçal declarou que será um jogo “às cegas”, já que, ao contrário do ano passado, o treinador não conseguiu ver a equipe adversária em campo em jogos anteriores. E ele acrescenta: “Todos os adversários são difíceis. Lá dentro são 11 contra 11. O Aquidauanense vem fazendo bons campeonatos há três ou quatro anos e acho que não será diferente neste”, completou.

A disputa acontece às 20h, no Estádio Madrugadão, e será retransmitida pela rádio Cultura FM 106,5 Mhz. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13