Rádios On-line

Misto treina forte para enfrentar o Comercial

Carcará da Fronteira quebrou invencibilidade do Cene no campeonato, no último fim de semana

14 FEV 2013 - 08h:27Por Claudio Pereira

O Misto imprimiu a primeira derrota ao Cene, líder do Grupo A, mas a equipe não se acomodou e está treinando em ritmo acelerado para enfrentar o Comercial de Campo Grande, que hoje tem quatro pontos, um a menos que o Misto, e ocupa a sexta posição no grupo.

Ionay disse que esse será um jogo totalmente diferente da partida passada, porque o Misto quer ganhar para se firmar entre os quatro melhores colocados do grupo e o Comercial vem com tudo em busca de se reabilitar no campeonato. “Será um jogo de desespero, pois todos querem ganhar a qualquer custo”.

Na tarde dessa quarta-feira, o que se pôde observar foi um clima de bastante tranquilidade, jogadores sorrindo e com bastante descontração, mas o treinador não quer saber de brincadeira. Ele cobra compromisso da equipe e respeito com o adversário. “É necessário trabalhar muito e manter cautela. É preciso ter humildade, respeito e saber que nós temos que tomar a iniciativa e ter muita atenção”.

REFORÇOS
Depois da vitória, a equipe continua se reforçando. Acaba de chegar para reforçar a zaga o jogador Everton Torres, que vem do Urso de Mundo Novo. O jogador se diz preparado e à disposição do técnico caso seja necessário. Outro que chega é o goleiro Bruno Dantas, que vem de Taubaté-SP. Bruno vem em um bom momento já que o goleiro Geosmar pediu dispensa alegando ter recebido uma proposta do Rio Grande do Sul.

PREPARAÇÃO FÍSICA
Esse jogo também serviu para observar o condicionamento físico da equipe. O rendimento de alguns jogadores caiu bastante no segundo tempo. A falta de tempo foi um dos fatores que influenciaram na preparação do condicionamento físico dos atletas. O preparador físico Ademilson Pereira (Flor) disse que o inicio dos trabalhos ocorreu somente em janeiro, mas acredita que agora pode recuperar o condicionamento físico dos atletas. “O trabalho de agora para frente será com bola. Eu ajudo o técnico e ele me ajuda. Às vezes, eu tenho que diminuir a carga de exercícios uma vez que o trabalho é muito forte e intenso”. Flor acredita que com mais duas semanas a equipe estará com 70 a 80% de condicionamento físico.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13